JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 28 de setembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Dólar em alta faz Black & Decker aumentar a produção em 20%

Black & Decker irá aumentar a produção em Uberaba. A afirmação é do diretor industrial da fábrica, Domingos Dragone

- Por Daniela Brito Última atualização: 22/02/2015 - 14:10:39.


Black & Decker irá aumentar a produção em Uberaba. A afirmação é do diretor industrial da fábrica, Domingos Dragone. A expectativa é de crescimento de 20% em relação a 2014. Diversas contratações estão sendo feitas e, até o fim do ano, mais de 200 estarão sendo confirmadas pela multinacional. Inclusive, 80 novas vagas para operador de produção estarão abertas a partir de terça-feira (24).

A projeção está relacionada à alta do dólar, que favorece as exportações e a competitividade de mercado. Domingos Dragone diz que muitos produtos, antes importados, vão começar a ser produzidos na fábrica de Uberaba. “Este é um dos projetos para este ano, por conta da alta do câmbio”, adianta. Além disso, a Black & Decker quer retomar as exportações, que caíram em razão da valorização do real. “Vamos voltar a exportar – algo que já fizemos com vontade. A alta do dólar, acima de US$2,60, favorece a competitividade. Vamos recuperar o que perdemos nos últimos dois anos”, explica. No entanto, as projeções são menos otimistas para o mercado interno. “Esperamos um crescimento de até 0,5%. O que faremos é fabricar mais produtos em Uberaba”, diz.

A Black & Decker fará investimentos da ordem de US$4 milhões – algo em torno de R$10 milhões – e planeja algumas ampliações para conseguir retomar a exportação e a concorrência do mercado interno. Entre as propostas está o aumento da produção, a partir de abril, de ferramentas da marca Dewalt. Para o diretor, a indústria brasileira está recuperando o espaço perdido nos últimos anos em razão da alta do dólar. “O câmbio valorizado dá possibilidade de recuperar o terreno perdido nos últimos anos em curto espaço de tempo”, conclui.

Os interessados nas vagas oferecidas pela multinacional devem procurar, até o dia 27 de fevereiro, o Sistema Nacional de Emprego (Sine), na rua Vigário Silva, 309, centro, munidos de CTPS e demais documentos pessoais.

Leia mais


DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia