Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 07/07/2016

 
ALTERNATIVA
Tamanho do texto: A A A A
ALTERNATIVA
07/07/2016

Compartilhar:



 Até que enfim
A Comissão Especial do Impeachment, instalada no Senado para analisar a denúncia contra a presidente Dilma Rousseff, encerrou ontem a etapa de produção de provas, com a enfadonha leitura da carta enviada pela denunciada. Que processo demorado! Benza Deus! A Comissão foi instalada em 26 de abril, realizou 28 reuniões, uma das quais com 15 horas de duração. Até agora foram expedidos 127 ofícios e apresentados 135 requerimentos. Os autos do processo no Senado já totalizam 11.655 folhas em 29 volumes. E pensar que tudo poderia ter sido evitado se Dilma não fosse tão cabeçuda e tivesse renunciado quando o escândalo das pedaladas fiscais estourou!

E agora?
A partir de agora, haverá prazo para as alegações finais das duas partes no processo do impeachment, assim como num processo judicial. A Comissão do Senado voltará a se reunir no dia 2 de agosto, quando será lido o relatório final do senador Anastasia. E assim Dilma vai ganhando mais um tempinho como “presidente”, afastada, mas presidente...

Pingos nos is
Mesmo sendo o presidente do PR/Uberaba, o deputado federal Aelton Freitas garante que “decidiu não bater a mão na mesa” e “respeitar a vontade dos vereadores” com relação aos apoios e eventuais coligações do partido nas eleições municipais deste ano. Aelton entende que, “hoje, o caminho do partido está ligado diretamente à eleição dos pré-candidatos a vereador (os 5 vereadores e o atual vice-prefeito). Portanto, nada mais salutar e justo que deixá-los, maiores interessados, decidir o seu caminho.” Além disso, o deputado republicano ressalta que todas “as tratativas estão sendo feitas para que o partido caminhe junto, seja qual for a decisão tomada.” O anúncio da posição oficial do partido sairá no domingo.

Ato público
Ao contrário das manifestações anteriores que levaram milhares de uberabenses às ruas, o Movimento Acorda Uberaba prepara um ato público para o dia 31 deste mês. O objetivo é apoiar as investigações da Lava Jato e mostrar que o povo continua atento e vigilante aos desdobramentos do processo de cassação da presidente da República. O “Fora Dilma” não acabou!

Protesto
O ato público do dia 31 está programado para as imediações da Igreja da Medalha Milagrosa, oportunidade em que lideranças do Movimento Acorda Uberaba farão pronunciamentos rápidos, intercalados por shows musicais.

Lé com lé
Andam fervendo as conversas nos bastidores entre pré-candidatos nas eleições deste ano. À noite passada, vereadores filiados no PR tiveram longo papo com o pré-candidato a prefeito J.Jr. (PTB).

Cré com cré
Por falar em J.Jr., andam ruidosos os rumores de que ele poderá vir a ser o vice de Paulo Piau (PMDB). A conferir.

Cotado
Com o PT definitivamente fora de cogitação para dobradinha com o PMDB nas eleições em Uberaba, as especulações vão dominando a cena política e lançando os mais diversos nomes como “prováveis” candidatos a cargos eletivos. Fala-se até em Altamir Rôso para vice de Piau. Altamir, como se sabe, foi secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico até alguns dias atrás. Está filiado ao PMDB. Caso venha a se confirmar essa dobradinha, o PMDB teria chapa pura. Acho difícil. A menos que Piau não consiga negociar com nenhum outro partido para formar coligação.

Mais um
Vitorioso empresário Marco Túlio Paolinelli inaugura hoje mais um empreendimento com a marca do sucesso chamada Agronelli. Desta vez, Paolinelli estende seus negócios ao segmento de madeiras. Inauguração será às 18h30, na sede da avenida Orlando Rodrigues da Cunha, 1.700.

Coleção de Prata
Por iniciativa do jovem jurista uberabense Lúcio Delfino, e sob coordenação dos professores Fernando Rossi e Eduardo José da Fonseca Costa, está saindo do prelo o primeiro livro da “Coleção Fórum Prof. Edson Prata”. Na estreia, o “Direito Sumular e Fundamentação Decisória no Novo CPC”, de autoria do talentoso Prof. Guilherme Lunelli. Informações sobre a obra no link: http://loja.editoraforum.com.br/direito-sumular-e-fundamentacao-decisoria-no-cpc-2015. Do conselho editorial fazem parte outros grandes expoentes do Direito na atualidade, como Lenio Streck, Georges Abboud, Ronaldo Brêtas, Carlos Henrique Soares e Glauco Gumerato. Fico extremamente honrada e agradecida por mais esta carinhosa homenagem, que faz perpetuar a memória de Edson Prata no meio jurídico, quase 30 anos após seu falecimento.

Foto/Rodrigo Garcia

O desembargador Pedro Bernardes de Oliveira, do TJMG, foi recebido ontem na Câmara Municipal, em visita de cortesia. Natural da vizinha São Gotardo, o desembargador Pedro Bernardes foi acompanhado pela diretora secretária-geral da Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais, advogada Fabiana Faquim, na visita ao Legislativo. Em breve, o desembargador Bernardes deverá tomar posse como presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas.

 

 







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2020