JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 09 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Wellington Cardoso Ramos FALANDO SÉRIO 11/10/2018

Ao vivo
Se no 1º turno Marcos Montes recomendou voto em Bolsonaro, agora foi mais longe: procurou o capitão para dizer: “estou aqui com o futuro presidente”.

Boa sorte
Colegas de Câmara dos Deputados, Bolsonaro desejou boa sorte ao uberabense no 2º turno em Minas, no vídeo que gravaram juntos.

Contra PT
No 1º turno, Marcos Montes declarou a necessidade do voto no candidato do PSL para tirar o PT do poder.

Revisão
Tribunal de Justiça de Goiás pediu informações ao juiz Márcio Antônio Neves, de Cumari, para julgar recurso do ex-vereador Edmilson Doidão.

Anulação
O advogado Carício Fornazier tenta anular o julgamento apontando o que considera graves falhas processuais.

Desassistido
O ex-vereador estava sem advogado constituído e sequer soube que havia sido condenado no final do ano passado a 5 anos e 4 meses de prisão por roubo.

Transitou
A sentença transitou em julgado sem recurso.

Emprego
Doidão conseguiu emprego para deixar a penitenciária durante o dia, mas ainda depende de manifestação da Vara das Execuções Penais.

Olho Vivo
Em dez anos, o monitoramento de vias comerciais por câmeras terá custado mais de R$ 12 milhões à Prefeitura.

Desigual
O investimento do Estado com as 54 câmeras e a central de monitoramento ficou em R$ 3,9 milhões.

Renovação
Os valores estão na mensagem do projeto de lei enviado à Câmara pela SeGov para adequar a legislação.

Social
Excluído da Igreja Católica, padre Júnior diz que se dedicará a projetos sociais, o que fazia enquanto de batina, especialmente na área da dependência química.

Davi
As urnas deram razão ao presidente do PSOL de Uberaba, quando disse ser candidato a deputado federal em luta de Davi contra Golias: teve apenas 67 votos.

Quem explica?
O segundo candidato à Câmara Federal mais votado em Uberaba, superando inclusive Ângela Mairink, não é daqui: o advogado André Janones com 11,4 mil votos.

A bandeira
O polêmico ituiutabano, presença constante nas redes sociais, foi eleito com extraordinários 178,6 mil votos.

Lucro
Lucro da festa de Nossa Senhora da Abadia, este ano, chegou aos R$ 300 mil, dinheiro que será usado na manutenção do santuário.

Romeiro
Programação de 2018 atraiu romeiros que antes iam para Romaria e a tendência é que isso ocorra em maior escala já a partir de 2019.

Efeito Bolsonaro
Uberaba teve mais votos válidos para presidente da República (90,82%) do que para deputado (82,10%). Mais de 15 mil eleitores votaram exclusivamente para presidente.

Perda
Em relação a 2014, o petista Adelmo Carneiro perdeu mais de 12 mil votos, o que o deixou de fora da Câmara.

Maior ainda
Para Aelton Freitas, a perda foi maior ainda. Ele saiu de 91,1 mil votos em 2014 para 54,7 mil no domingo.

Tchau
Criminalista Leuces Teixeira já deu nome ao próximo artigo que publicará no JM: “Tchau querida, tchau querida”, referências a Dilma e Pimentel.

Não prejudicou
Mesmo politicamente brigados, sargento Rodrigues, para a Assembleia, e subtenente Gonzaga, para a Câmara Federal, foram reeleitos em Minas Gerais.

Concorrência
Em Uberaba, sem concorrentes no segmento, Rodrigues teve 2 mil 489, enquanto Gonzaga, com concorrência na caserna, teve 1 mil 128.

Votados
Candidatos por Uberaba, o subtenente Barbosa somou 4 mil 304 votos (e deve tentar cadeira na Câmara em 2020), enquanto o coronel Kappel, 1mil 143.

Recuo
Romeu Zema começa a recuar do que falou no 1º turno sem merecer atenção, mas já evidenciando insegurança.

Presos
Ontem, disse que sua proposta é agilizar os processos, e não colocar presos na rua, emendando que “governador não tira ninguém da cadeia”. Mudou a conversa.

Busca de apoio?
E depois de pregar mudanças na aposentadoria dos PMs, Zema aparece em vídeo com coronéis da instituição integrantes do staff de Pimentel.

Varada
A reação do deputado sgt. Rodrigues foi imediata: “Ele deu mais uma varada n’água, foi visitar o comando petista da PM”.

Absolvido
Suspeito de participar de latrocínio, Matheus Gonzaga dos Santos Filho, que teve o criminalista Odilon dos Santos em sua defesa, foi absolvido na 2ª Vara Criminal.

O crime
O latrocínio teve como vítima o empresário Gaspar Ferreira Gonçalves e há outros dois acusados.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia