JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 26 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SOBRE RODAS

Estudo aponta que carros elétricos serão maioria da frota até 2040

Relatório da Bloomberg New Energy Finance indica que os elétricos devem passar de 2 milhões para 56 milhões até 2040

08/06/2019 - 07:41:33. Última atualização: 08/06/2019 - 07:56:45.

Foto/Reprodução


Por terem menos peças móveis, a manutenção dos carros elétricos demanda menos dinheiro e o bolso agradece na hora de “abastecer”, pois a energia elétrica é mais em conta do que gasolina ou diesel

Na semana em que comemoramos o Dia Mundial do Meio Ambiente, uma notícia reforça o caminho de mudanças: até 2040, os carros elétricos serão maioria. As informações estão em relatório da Bloomberg New Energy Finance (BNEF), que indica que os elétricos devem passar de 2 milhões para 56 milhões de unidades até 2040.

A projeção da BNEF é que os elétricos representem 57% das vendas de veículos de passeios em duas décadas. Enquanto isso, as vendas dos chamados “carros convencionais”, ou seja, os abastecidos com combustíveis, devem cair de 85 milhões (dado de 2018) para apenas 42 milhões, ou seja, uma queda de mais da metade.

Um dos principais fatores a impulsionar esse cenário é a queda do preço das baterias. Graças às melhorias na indústria e ao aumento nas economias de escala, os custos por quilowatt/hora caíram 85% desde 2010.

Assim, até a metade do ano que vem, espera-se que os veículos elétricos custem menos que os convencionais não só no valor de compra como também para manutenção. Melhor para o bolso e também para o planeta!

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia