Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
SAÚDE
Tamanho do texto: A A A A
16/08/2012

Psicóloga alerta para o risco de depressão durante a gravidez

Compartilhar:

Gestantes devem ficar em alerta quanto à depressão durante e depois da gravidez. De acordo com a psicóloga Silvana Messias, a depressão na gravidez é algo bastante sério, podendo tirar a oportunidade da mãe de vivenciar essa gestação e o contato direto com o filho ao nascer.
Já a após a gravidez, é preciso analisar as condições da mãe, para evitar fatos extremos.
“Os sintomas às vezes aparecem, a mãe ignora, a família não percebe e a situação se agrava, gerando a depressão. Assim a gravidez não será vista pela mulher como uma forma prazerosa, e sim como um momento angustiante, além de interferir na relação mãe e bebê, assim que a criança nascer”, explica a psicóloga.
Outro fato que pode acontecer com as mulheres nestas condições é a chamada tristeza materna, às vezes confundida com a depressão pós-parto. “Durante a gravidez, a mulher tem grande aumento de hormônios, e no momento em que o bebê nasce essa taxa de hormônio cai, mexendo com o estado emocional dessa mulher, que fica um pouco sensível. Após o parto, podem surgir alguns sintomas, como tristeza, choro, insegurança e medo de não conseguir cuidar do filho ou realizar tarefas como amamentar e dar banho. Para alguns, estes sintomas podem ser encarados como uma depressão, mas na verdade é tristeza materna, que normalmente dura o prazo máximo de 20 dias”, revela.
Os sintomas da tristeza materna costumam passar com o tempo, mas, se persistirem, podem se tratar de uma depressão, que apresenta características de que a mãe realmente não está bem, com crises de choro, insônia, dificuldade na alimentação, rejeição ao bebê e a sensação de que não consegue cuidar da criança. “São sintomas que precisam ser tratados e não podem ser ignorados, para evitar que cheguem a casos extremos”, afirma.
 



OUTRAS NOTÍCIAS


Suspenso medicamento para tratar aumento de cálcio no sangue (27/11)
SBP esclarece mitos sobre a biópsia e a importância do exame (27/11)
Vacinação contra pólio e sarampo será encerrada nesta semana (27/11)
Efeitos podem ser evitados com algumas medidas de prevenção (26/11)
Dor muscular após o exercício revela atividade em excesso (26/11)
Todos devem estar com a vacina contra sarampo em dia ao viajar (25/11)
Novembro Azul realiza mutirão de prevenção do câncer de próstata (25/11)
Pessos devem ficar atentas aos sinais de alerta para a doença (23/11)
Campanha volta a alertar sobre a prevenção do câncer de pele (23/11)
Vacina contra sarampo suspensa a crianças com alergia ao leite (22/11)
Teste pré-natal não invasivo detecta síndrome de Down (21/11)
Drenagem linfática em cápsulas ajuda a emagrecer (21/11)
Anvisa alerta para a presença de substâncias proibidas em suplemento (20/11)
Equoterapia desenvolve a linguagem e trata deficiências (20/11)
Novos medicamentos contra a Aids serão distribuídos pelo SUS (19/11)
Infectologista esclarece dúvidas sobre a febre Chikungunya (19/11)
Diabético de qualquer idade pode fazer uso da contagem de carboidrato (18/11)
Nutrólogo alerta sobre perigos da mania de roer as unhas (18/11)
Projeto obriga indicação em rótulos de alimentos a presença de lactose (16/11)
Meninas devem tomar a 2ª dose contra HPV para garantir proteção (16/11)




Banner Giovanna Prata lateral superior
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

Banner blog mais bella
ENQUETE
Passados os primeiros dias das mudanças do trânsito no centro da cidade, você acha que daqui para frente as coisas vão melhorar?




JM FORUM
Você tem alguma sugestão para o pessoal da Settrans em relação ás modificações do trânsito que foram feitas nesta semana?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2014