Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
SAÚDE
Tamanho do texto: A A A A
27/06/2012

Técnica para tratamento do vitiligo é apresentada em congresso em Brasília

Compartilhar:

Procedimento aprimorado para o tratamento do vitiligo, doença não-contagiosa em que ocorre a perda da pigmentação natural da pele, acaba de ser apresentado pelo médico indiano Davinder Parsad, durante o 14º Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica em Brasília. Embora a técnica exista desde 1987, a sua utilização era muito cara e inviável para os médicos brasileiros. Entretanto, nos últimos cinco anos, com o avanço da biologia molecular e a substituição de certos reagentes, o tratamento tornou-se mais barato.
O evento foi promovido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e reuniu cerca de 2.500 médicos do Brasil e convidados estrangeiros com o objetivo de divulgar avanços de técnicas de tratamento e tornar os profissionais mais atualizados para cuidar dos pacientes, sobretudo aqueles que não respondem às técnicas clássicas. No caso do vitiligo, por exemplo, o tratamento convencional utiliza pomadas e remédios. Além disso, são retiradas partes da pele de área saudável do corpo e transplantadas para a área atingida pela doença, o que torna o atual tratamento extremamente agressivo, já que pode deixar cicatrizes e não há garantia de bons resultados. Com o aprimoramento do transplante, a área atingida fica com uma coloração mais uniforme e harmônica, depois de quatro a seis semanas.
O vitiligo é uma doença autoimune, causada pela formação de anticorpos que matam os melanócitos (células que dão pigmentação à pele), gerando manchas brancas. Geralmente, aqueles que sofrem com a doença tendem a ser mais ansiosos, o que pode agravar o quadro. É uma enfermidade que compromete a qualidade de vida da pessoa, porque causa certo desequilíbrio psicológico.
O paciente passa a se limitar, a restringir a própria vida, evitando ir a certos lugares onde será mais exposto.
O dermatologista indiano aperfeiçoou o método de extração de melanócitos de áreas saudáveis do corpo para serem transplantadas em áreas doentes. Durante o procedimento é retirado um pequeno e fino fragmento de pele de uma área saudável do corpo do paciente. Depois são extraídas as células de pigmentação. A área atingida pelo vitiligo é raspada e os melanócitos são colocados sob a pele afetada.
No campo estético, uma técnica divulgada no congresso foi o transplante capilar e de sobrancelhas. O procedimento retira folículos capilares de uma área normal, geralmente um pequeno pedaço do couro cabeludo da área abaixo da nuca, e transplanta para a região sem cabelo. (TM)



OUTRAS NOTÍCIAS


Substância diminui incidência de infecções respiratórias virais (25/07)
Vitamina D está associada a um menor risco de morte prematura (25/07)
Especialista recomenda alimentação durante o período de inverno (24/07)
Tom de voz usado com a criança deve ser sempre calmo, mas firme (24/07)
Pediatra orienta como criar uma criança sem deixá-la mimada (24/07)
Especialista alerta que obesidade pode causar problemas oculares (23/07)
Medicamentos chegarão às farmácias 12 por cento mais baratos (23/07)
Inibidores de apetite favorecem o tratamento da obesidade (23/07)
Vasectomia pode aumentar em até 10% risco de câncer (22/07)
Inversão térmica traz riscos para o coração, diz especialista (22/07)
Governador de Minas sanciona Lei do Dia de Prevenção à Trombose (20/07)
Redução no número de diagnósticos não sugere menor prevenção (20/07)
Uberaba apresenta queda no índice de novos casos de Aids (20/07)
Médico alerta sobre os riscos da cesariana desnecessária (19/07)
Avon e HHA assinam parceria para ampliar Centro de Referência (19/07)
Inverno aumenta risco de complicações com as lentes de contato (18/07)
Infecções por HIV aumentam 11% no Brasil em oito anos (18/07)
Dieta vegetariana para as crianças pode causar ausência de nutrientes (18/07)
OMS recomenda prevenção de novas infecções pelo HIV (17/07)
Pré-diabetes afeta em torno de 12 por cento da população (17/07)




Lateral superir Giovanna
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
JM Magazine 46

Banner blog mais bella
ENQUETE
Aciu e Prefeitura defendem a reurbanização da rua Artur Machado, padronizando a fachada das lojas e estendendo o calçadão até a Av. Presidente Vargas. Você aprova essa medida?




JM FORUM
Passadas as emoções da derrota e agora com mais calma, qual é o principal legado da Copa do Mundo para o Brasil?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2014
CMIDIA