Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
SAÚDE
Tamanho do texto: A A A A
21/06/2012

Conheça seu corpo e procure o profissional certo

Compartilhar:

A campanha percorrerá no total 17 municípios de 13 estados brasileiros e, em julho, o objetivo é apresentar ao Ministério da Saúde um relatório parcial das ações da exposição “Caminhos da Otorrinolaringologia”, iniciativa da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Com isso, vai buscar apoio para que, no próximo ano, a campanha possa se estender aos demais estados brasileiros.
Entre as informações divulgadas pela exposição está a apresentação da otologia (ouvidos). Cerca de 30% a 35% das perdas de audição são causadas pela exposição a sons intensos, sejam eles em ambientes profissionais ou em lazer, como shows ou aparelhos eletrônicos. Na legislação brasileira, o limite máximo permitido de exposição a sons é de 85 decibéis, mas o volume de aparelhos de som individuais (tocadores de MP3) pode chegar a 100-110. Tanto que, durante a passagem por Uberaba, a campanha realizará testes nos fones de ouvido.
No âmbito da rinologia (nariz), dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelam que 70% da população mundial respira de forma errada, prejudicando não apenas o sistema respiratório, mas também toda a estrutura óssea facial, inclusive os dentes. As pessoas que têm o hábito da respiração oral também estão sujeitas ao ronco, problema que afeta 19% das mulheres e 30% dos homens da população mundial. Além disso, a OMS revela que uma em cada sete pessoas apresenta algum tipo de alergia respiratória. No Brasil, cerca de 50% da população sofre com a doença.
No campo da laringologia (garganta), sabe-se que a voz é uma das funções do corpo mais utilizadas no dia-a-dia, porém é preciso saber preservá-la. Dados da ABORL-CCF apontam que a maioria dos educadores e de outras profissões que usam a voz com bastante frequência, não tem precaução contra o desgaste excessivo da sua laringe, o que representa 70% da população ativa do país. O câncer de laringe está entre os problemas vocais mais perigosos, doença que atinge cerca de 10 mil pessoas no Brasil, todos os anos, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca). O Brasil ocupa um dos primeiros lugares no ranking mundial entre os países com maior incidência da doença. A campanha “Caminhos da Otorrinolaringologia” conta, ainda, com o apoio da Prefeitura Municipal de Uberaba. (TM)
 



OUTRAS NOTÍCIAS


Cerveja faz bem à saúde, se consumida na medida certa (14/12)
Vacinação contra paralisia e sarampo é prorrogada em Uberaba (13/12)
Atividade física e suplementos atrasam progressão da Sarcopenia (13/12)
Anvisa atualiza lista de antibióticos com a venda controlada no Brasil (12/12)
Baixo desempenho na escola pode ser um sinal de dislexia (12/12)
Cardiologista lança tratado sobre a estimulação cardíaca artificial (12/12)
Traumas cerebrais podem provocar casos de epilepsia (11/12)
Perda de massa muscular atinge mais de 50 milhões de pessoas (10/12)
Com o verão, aumenta a procura por procedimentos estéticos (09/12)
Mamografia permite diagnóstico mais precoce do câncer de mama (07/12)
Tratamento cirúrgico só em último caso, alerta especialista (06/12)
Possibilidade de desenvolver o problema é maior durante verão (06/12)
Cerveja não ajuda a eliminar o cálculo renal, diz urologista (06/12)
Especialista dá dicas para um bronzeado com saúde neste verão (05/12)
Medicamento possibilita melhor qualidade de vida a pessoas com autismo (05/12)
Mutirão de prevenção do câncer de próstata atendeu mais de 1.600 (05/12)
Morre homem que passou mal em frente a UPA São Benedito (05/12)
Fitoterápicos auxiliam a enfrentar desconfortos da menopausa (04/12)
Depressão acomete cerca de 350 milhões de pessoas no mundo (04/12)
Kinesio taping é nova alternativa para tratamento do problema (03/12)




Banner Giovanna Prata lateral superior
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

Banner blog mais bella
ENQUETE
Passados mais de dez dias das modificações no sistema viário em nossa cidade, você acha que o transito melhorou?




JM FORUM
Você acha que as mudanças que a presidenta Dilma fez na área econômica vão melhorar o país em 2015?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2014