Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
SAÚDE
Tamanho do texto: A A A A
21/06/2012

Conheça seu corpo e procure o profissional certo

Compartilhar:

A campanha percorrerá no total 17 municípios de 13 estados brasileiros e, em julho, o objetivo é apresentar ao Ministério da Saúde um relatório parcial das ações da exposição “Caminhos da Otorrinolaringologia”, iniciativa da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Com isso, vai buscar apoio para que, no próximo ano, a campanha possa se estender aos demais estados brasileiros.
Entre as informações divulgadas pela exposição está a apresentação da otologia (ouvidos). Cerca de 30% a 35% das perdas de audição são causadas pela exposição a sons intensos, sejam eles em ambientes profissionais ou em lazer, como shows ou aparelhos eletrônicos. Na legislação brasileira, o limite máximo permitido de exposição a sons é de 85 decibéis, mas o volume de aparelhos de som individuais (tocadores de MP3) pode chegar a 100-110. Tanto que, durante a passagem por Uberaba, a campanha realizará testes nos fones de ouvido.
No âmbito da rinologia (nariz), dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelam que 70% da população mundial respira de forma errada, prejudicando não apenas o sistema respiratório, mas também toda a estrutura óssea facial, inclusive os dentes. As pessoas que têm o hábito da respiração oral também estão sujeitas ao ronco, problema que afeta 19% das mulheres e 30% dos homens da população mundial. Além disso, a OMS revela que uma em cada sete pessoas apresenta algum tipo de alergia respiratória. No Brasil, cerca de 50% da população sofre com a doença.
No campo da laringologia (garganta), sabe-se que a voz é uma das funções do corpo mais utilizadas no dia-a-dia, porém é preciso saber preservá-la. Dados da ABORL-CCF apontam que a maioria dos educadores e de outras profissões que usam a voz com bastante frequência, não tem precaução contra o desgaste excessivo da sua laringe, o que representa 70% da população ativa do país. O câncer de laringe está entre os problemas vocais mais perigosos, doença que atinge cerca de 10 mil pessoas no Brasil, todos os anos, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca). O Brasil ocupa um dos primeiros lugares no ranking mundial entre os países com maior incidência da doença. A campanha “Caminhos da Otorrinolaringologia” conta, ainda, com o apoio da Prefeitura Municipal de Uberaba. (TM)
 



OUTRAS NOTÍCIAS


Consumo de gordura na infância eleva risco de doenças do coração (22/08)
Excesso de sal mata mais de 1,6 milhão de pessoas (21/08)
Espasmos nas pálpebras são causados por falta de potássio (21/08)
Anvisa suspende venda de lote de Mebendazol 20mg (20/08)
Queda entre a população idosa é sinal de alerta, afirma SBGG (20/08)
Obesidade causa problemas também nas vias auditivas (19/08)
Medida também protege contra doenças potencialmente graves (17/08)
Vacinação aumenta qualidade e expectativa de vida dos idosos (17/08)
Tratamento de joanete consiste em evitar progressão da deformidade (16/08)
Tratamento de joanete consiste em evitar progressão da deformidade (16/08)
Exercícios físicos aos finais de semana trazem riscos à saúde (15/08)
Adultos comem menos frutas e vegetais do que deveriam (15/08)
Calçados com ponta e salto são as principais causas dos joanetes (14/08)
Check-up cardíaco anual é recomendado a partir dos 30 anos (13/08)
Saúde destina mais de R$ 223 mil para cirurgias eletivas em Uberaba (13/08)
Dor ciática é um sintoma derivado de outro problema, diz especialista (13/08)
Cerveja aumenta bom colesterol se consumida com moderação (12/08)
Postura errada ao realizar tarefas domésticas causa lesões na coluna (12/08)
Em Uberaba, 57 pessoas estão em tratamento contra a hanseníase (10/08)
Comprar aparelho auditivo sem prescrição médica gera riscos (10/08)




Lateral superir Giovanna
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
r�dio

Banner blog mais bella
ENQUETE
Você acha que com 16 mil atendimentos em seis meses nas UPAs de Uberaba o Mais Médicos tem ajudado a diminuir o problema da Saúde em Uberaba?




JM FORUM
O que você achou da notificação da Prefeitura para o proprietário de um imóvel consertar o passeio que funcionários da empresa que instalou o “Olho Vivo” quebrou durante a instalação do sistema?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2014
CMIDIA