Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
SADE
Tamanho do texto: A A A A
30/03/2015

Obesidade mata milhes de pessoas todo ano

Compartilhar:

Foto/Reprodução

O atual cenário, com superabundância de alimentos industrializados aliada à correria do dia-a-dia, tem preocupado os especialistas na área da saúde. O excesso de peso, ocasionado principalmente pela má alimentação, é a causa da morte de 2,8 milhões de pessoas por ano, segundo recente estudo da Organização Mundial de Saúde.

Metade da população brasileira está acima do peso. A obesidade pode desencadear diversas doenças, entre elas diabetes, hipertensão, colesterol alto, infertilidade e depressão.

Combater o sobrepeso não é impossível, segundo a nutricionista Flávia Naguetine, que aborda sobre algumas facilidades dos tempos modernos. “Hoje em dia é fácil carregar uma bolsa térmica com as refeições do dia e os lanches intermediários”, afirmou. É preciso planejamento por parte de quem quer mudar a própria alimentação. Uma das dicas da nutricionista é privilegiar refeições caseiras, com alimentos mais saudáveis.

A receita para ter uma vida saudável continua sendo a mesma: prática de atividade física aliada à alimentação equilibrada. O acompanhamento médico é imprescindível à atividade física, que deverá também ser acompanhada por profissionais competentes, a fim de evitar lesões corporais. Assim, é importante que a dieta seja balanceada ao treino, que poderá ou não ser nas academias.

A nutricionista ainda alerta aqueles que estão só com alguns quilinhos a mais do desejado. “Uma pessoa com dois quilos a mais do peso ideal já tem algum dos fatores que pode ser prejudicial à saúde futuramente. É necessário que a pessoa, ao perceber que está acima do peso, seja um, ou dois quilos, já procure fazer algo para minimizar doenças futuramente avassaladoras”, ressalta.

Naguetine ainda defende a conscientização por meio das escolas ao ter disciplinas nutricionais que ensinem desde cedo a como se alimentar de forma correta e a ler os ingredientes descritos na embalagem de um produto e sua tabela nutricional. “Fazendo isso, acredito que teremos uma população mais consciente e menos obesa”.

O que não pode faltar numa alimentação balanceada:

Frutos de todos os tipos vermelhos, amarelos e verdes. Incluindo o abacate, porém em poucas porções.
Verduras e legumes. Verdes e amarelos.
Alimentos integrais, como o pão (100% integral).
Proteína magra, contida no peito de frango, ovos, peixes e carnes magras.
Água é o melhor alimento e melhora o aspecto da pele, do cabelo e do corpo.
Castanhas do Pará. Rica em óleo benéfico para saúde e corpo.
Azeite de oliva, puro sem cozinhar.

Veja quais alimentos evitar:

Excesso de açúcar ruim, encontrado em sorvetes e doces. Pode ser substituído pelo açúcar benéfico, que é encontrado nas frutas.
Frituras, batatas e outros derivados.
Alimentos embutidos e processados, principalmente salames, salsichas e bacon.
Refrigerante diet, porque tem alta concentração de sódio, que ajuda a reter líquido no corpo.

Faça aqui o cálculo de seu Índice de Massa Corporal (IMC) ,consulte a tabela e saiba se você está acima do peso indicado:

Cálculo IMC

Situação

Abaixo de 18

         Você está abaixo do peso ideal

Entre 18,5 e 24,9

         Parabéns — você está em seu peso normal!

Entre 25,0 e 29,9

         Você está acima de seu peso (sobrepeso)

Entre 30,0 e 34,9

          Obesidade grau I

Entre 35,0 e 39,9

          Obesidade grau II

40,0 e acima

          Obesidade grau III

 






EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
A pouco mais de dois meses antes do fim do prazo, cerca de metade dos uberabenses ainda no fez o cadastramento biomtrico. Quem no realizar o procedimento ter o ttulo cancelado. Voc j fez o seu?





JM FORUM
Com a aproximao da Black Friday (24/11), muitas empresas esto divulgando descontos para atrair os consumidores. Como voc pretende aproveitar as oportunidades?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017