JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 18 de julho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SAÚDE

Por que queremos tanto comer chocolate durante a TPM?

Os desejos por comida são apenas um dos muitos sintomas da síndrome pré-menstrual, também conhecida como TPM

12/07/2019 - 00:00:00.

Certos momentos do ciclo menstrual de uma mulher parecem andar de mãos dadas com o desejo de sorvete de chocolate ou de batatas fritas. Pesquisadores estudam os desejos de comida há anos. Em um dos estudos mais citados, cientistas querem saber quem tem desejos por comida e por que, o que anseiam, quando anseiam e como minimizar essas vontades.

Os desejos por comida são apenas um dos muitos sintomas da síndrome pré-menstrual, também conhecida como TPM. A TPM é provavelmente causada por flutuações hormonais que afetam os mensageiros químicos do cérebro chamados neurotransmissores. Seus sintomas são exclusivos da segunda metade do ciclo menstrual. Essa fase começa com a liberação do óvulo na ovulação e termina quando começa a menstruação. Os sintomas geralmente se resolvem em torno do terceiro ou quarto dia de um período.

Pesquisadores documentaram mais de 150 sintomas diferentes da TPM em estudos, variando de físicos a emocionais, comportamentais e cognitivos. Os desejos por comida estão no topo, junto com os sintomas de TPM comportamentais mais comumente relatados, como alterações de humor, irritabilidade, ansiedade e tensão, e humor triste ou deprimido.

No entanto, uma mulher não precisa de um diagnóstico oficial de TPM para relatar anseio por doces e chocolates. 85% das mulheres apresentam algum tipo de sintoma pré-menstrual perceptível. Os pesquisadores descobriram que os desejos podem ocorrer durante esse período de tempo pré-menstrual em indivíduos normais e saudáveis, sem um diagnóstico de TPM ou outro transtorno. De fato, um estudo mostrou que 97% de todas as mulheres já haviam experimentado desejos por comida — independentemente de seu ciclo menstrual.

Dados de pesquisas confirmam que as mulheres tendem a comer mais durante a fase lútea do ciclo menstrual, em comparação com a fase folicular que leva à ovulação. Com ou sem o diagnóstico de TPM, esse aumento na ingestão de alimentos pode chegar a 500 calorias extras por dia.

Quais alimentos as mulheres buscam? Carboidratos, gorduras e doces. Nenhuma surpresa até aí. O desejo de comida mais comumente relatado é o chocolate, provavelmente porque é uma combinação agradavelmente doce de carboidratos e gordura.

Os pesquisadores não sabem exatamente de onde vêm esses desejos por comida, mas existem várias teorias importantes.

Uma ideia é que as mulheres estão inconscientemente usando a comida como terapia farmacológica. A ingestão de carboidratos aumenta os níveis de serotonina, um neurotransmissor do sistema nervoso central que contribui para uma sensação geral de bem-estar e felicidade.

Outros pesquisadores sugerem que esses desejos por comida são regulados por hormônios. Os cientistas observaram que as mulheres tendem a comer mais quando os níveis de estrogênio são baixos e os níveis de progesterona são altos.

Mudanças no estilo de vida também podem ajudar a equilibrar e minimizar os sintomas indesejáveis relacionados ao seu ciclo menstrual. As coisas a serem tentadas incluem exercícios regulares, técnicas de relaxamento e redução de estresse, como exercícios de respiração, ioga, meditação, massagem, auto-hipnose e sono regular e bom.

Fonte: Revista Galileu 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia