JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 22 de abril de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

SAÚDE

Forças Armadas vão oferecer apoio logístico ao Mais Médicos

Portaria do Ministério da Defesa publicada nesta quarta-feira (16) determina as atribuições do Exército, da Marinha e da Aeronáutica no âmbito do programa

18/01/2019 - 10:47:16.

Exército, Marinha e Aeronáutica vão oferecer apoio logístico ao programa Mais Médicos, que leva profissionais para regiões onde há escassez ou ausência de atendimento na rede de atenção básica. O texto da Portaria nº 94/2019 do Ministério da Defesa, publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (16), determina as atribuições de cada uma das forças nesse processo.

A Marinha e o Exército ficaram responsáveis por oferecer meios logísticos (pessoal e material) necessários para a recepção, a hospedagem, o transporte e a distribuição dos médicos intercambistas e supervisores nos municípios de atuação. A responsabilidade da Aeronáutica diz respeito ao transporte aéreo dos profissionais.

As três forças, além do chefe do estado-maior conjunto das Forças Armadas, também devem designar um oficial para promover a ligação com os demais órgãos governamentais; informar o Ministério da Defesa sobre as ações de apoio e o montante financeiro necessário; e aplicar os recursos.

Vagas preenchidas
De acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Saúde na terça-feira (15), 82% das vagas do último edital do Mais Médicos foram preenchidas. Após o fim da cooperação com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), 8.517 oportunidades foram abertas na primeira chamada do edital. Na segunda chamada, foram 2.549 vagas em 1.197 municípios e 34 distritos indígenas. Ao fim desta etapa, mais de 7 mil médicos com registro no Brasil se apresentaram aos municípios. Confira o cronograma das próximas etapas:

22/01 – Publicação da validação dos documentos dos brasileiros formados no exterior.
23 e 24/01 – Brasileiros formados no exterior escolhem vagas disponíveis.
29/01 – Publicação da validação dos documentos dos estrangeiros formados no exterior.
30/01 e 31/01 – Estrangeiros formados no exterior escolhem vagas disponíveis.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Diário Oficial da União e do Ministério da Saúde

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia