JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 22 de outubro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Câmara aprova moção de repúdio contra Pimentel por atrasos em repasses e salários

Moção de repúdio contra o governador Fernando Pimentel foi aprovada pela Câmara Municipal

- Por Marconi Lima Última atualização: 23/05/2018 - 07:31:24.

Moção de repúdio contra o governador do Estado de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), foi aprovada pela Câmara Municipal de Uberaba (CMU). É a segunda vez que o Legislativo age desta maneira com o petista. A primeira foi na legislatura passada, por conta da concessão da Medalha da Inconfidência ao líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile.

Desta vez a motivação do Legislativo municipal se deu por conta do atraso no repasse ao município de Uberaba do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), do repasse dos recursos para a Saúde, o atraso no pagamento dos vencimentos dos servidores públicos do Estado e a falta de repasse das parcelas descontadas dos servidores a título de empréstimos consignados.

Autor do pedido de moção, o líder do governo na CMU, vereador Almir Silva (PR), lembrou que o atraso do ICMS atinge todos os municípios de Minas, enquanto os repasses para a área de Saúde em Uberaba já chegam aos R$50 milhões. Ainda conforme o vereador, além de parcelar e atrasar os pagamentos dos servidores, o governo desconta os valores dos consignados, mas não paga os bancos. “Somos sabedores da crise que assola nosso país, no entanto, sabemos também dos recursos que são recebidos por parte do governo, porém um erro e uma falha não justificam mais outra, em prejuízo do município e dos servidores estaduais”, disse o vereador.

O documento ainda destaca a dignidade da pessoa humana, que necessita de investimentos do município para com o bem-estar e melhores condições de vida.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia