Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Renata Gomide - 04/03/2014

Legislao pode mudar para dar desconto de 50% a assentos extras

Compartilhar:

Mal entrou em vigor no Estado, a Lei 21.121/14, que assegura a gratuidade a idosos e deficientes nos ônibus intermunicipais de transporte coletivo de passageiros, poderá ser alterada. A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) analisa proposta que prevê o pagamento da passagem com desconto aos que não conseguirem se beneficiar das vagas gratuitas nos veículos, as quais têm que ser reservadas.

Projeto de Lei 4.933/2014, da deputada estadual Ana Maria Resende (PSDB), que foi anexado ao PL 331/2011 do deputado Elismar Prado (PT) – porque tratam do mesmo tema –, acresce o parágrafo 2° ao artigo 1º da Lei 21.121/14, que passará a vigorar com a seguinte redação: “Os idosos que excederem as vagas gratuitas, com renda individual inferior a dois salários mínimos, terão o desconto de 50%, no mínimo, no valor das passagens”.

Para tanto, prossegue o texto, será necessário solicitar a reserva do assento à empresa com, no mínimo, três horas de antecedência do horário previsto de partida do veículo.

A deputada sustenta sua proposta no Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/2003), no Decreto nº 5.934/2006, e na Resolução ANTT nº 1.692/2006. “A medida visa a adequar nossa legislação estadual à federal e ampliar a atenção ao idoso, melhorando a sua qualidade de vida, garantindo-lhe o acesso gratuito ou o desconto de 50% no serviço intermunicipal de transporte coletivo de passageiros”, justifica Ana Maria.



OUTRAS NOTCIAS


Terceirizao do Restaurante Popular deve ser votada pela CMU nesta quarta (22/08)
Mais 77 aprovados no concurso da Prefeitura foram empossados ontem (22/08)
Sindicato dos Educadores cobra reabertura de negociao salarial (22/08)
Reforma poltica domina participao de MM na sesso da Cmara local (22/08)
MP recomenda checagem das nomeaes de servidores por cotas (22/08)
Apesar de protesto contra, PMU adere ao programa Criana Feliz (22/08)
Maia diz que votar impeachment de Temer traria instabilidade poltica (21/08)
Morre o ex-deputado Joo Bittar aos 54 anos (21/08)
Codau abre licitao este ms para construir barragem no rio Uberaba (21/08)
Curso vai estimular o uso das mesas pedaggicas nos Cemeis (21/08)
Prefeitura deixa de recolher lixo hospitalar do setor privado (21/08)
CMU retoma plenrias aps recesso e traz pauta enxuta (21/08)
Morre, aos 92 anos, ex-senador e fundador do Grupo Carlos Lyra (21/08)
Governo prev economia de R$ 17 bi com fim de fraude em auxlio-doena (20/08)
Servidores pblicos no perdero plano de sade plus com a nova operadora (20/08)
Resoluo de rezoneamento do TRE extingue a 277 Zona de Uberaba (20/08)
Acordo de R$ 11 bilhes pode evitar o leilo de hidreltricas da Cemig (20/08)
Uniube ter R$ 2,1 mi e Funepu, R$ 635 mil, do Hospital Regional (20/08)
Ministro do Planejamento abre mo de R$ 18 mil da remunerao mensal (20/08)
Prefeitura cria comisso para revisar as alquotas do ISSQN (20/08)




ESPECIAL DE ANIVERSRIO 2017
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
O Codau iniciou a transposio do rio Claro. Segundo dados da autarquia, a vazo do rio Uberaba est em torno de 1.520 litros/segundo e, para atender demanda da cidade, necessrio um volume de 900 litros/segundo. Voc acredita que a transposio necessria neste momento?





JM FORUM
Governo federal diminuiu a previso do salrio mnimo para 2018, tendo em vista a queda na inflao, prevista ainda para este ano. Assim, o novo salrio mnimo deve ser de R$ 969 e no mais de R$ 979, como previsto, mas ainda poder sofrer mais reajustes at o fim do ano. Qual a sua opinio sobre os novos valores?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017