Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 10/02/2018

Para aumentar recursos do HR, Ricardo Barros cobra plano de custeio

Compartilhar:

Sandro Neves


Ministro da Saúde, Ricardo Barros, também cobrou comprometimento das prefeituras da região com o custeio da estrutura

Antes de novos investimentos para Hospital Regional, o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), cobrou apresentação de plano de custeio da unidade. Durante discurso, ele assegurou que existem recursos federais disponíveis para atender à demanda, mas argumenta ser necessário comprovar a viabilidade da manutenção da estrutura.

O posicionamento do ministro ocorre em meio às articulações para formalizar o convênio com as prefeituras do Triângulo Sul para a repartição das despesas de manutenção do HR e também ao trabalho para conseguir a liberação da contrapartida do Estado para o custeio da unidade. Por enquanto, a estrutura está em operação com injeção de recursos federais. No entanto, a verba é suficiente para manter o atendimento só até abril.

Ao discursar para prefeitos da região, Barros também defendeu a participação financeira das prefeituras do Triângulo Sul no custeio do serviço. “Os prefeitos não podem mandar apenas a van ou ambulância com paciente. Têm que mandar o recurso”, acrescentou.

Além disso, o ministro criticou o Estado por atrasos nos repasses da Saúde e também questionou o governo mineiro por não cumprir a parte referente à manutenção do HR em Uberaba. “Minas Gerais tem vários hospitais quase prontos e que têm pouca perspectiva de funcionamento, não por falta do nosso apoio. O governo federal tem pago pontualmente suas obrigações”, argumentou.

Para o ministro, é preciso assegurar condições para continuar o atendimento antes de qualquer novo investimento na unidade. “Aguardo que me apresentem o modelo de sustentabilidade desta expansão. Quem paga a conta do hospital operando? Aí, vamos liberar os R$ 8 milhões de equipamentos necessários para a nova etapa de operação”, disse.

Barros também posicionou que colocaria em avaliação as demandas referentes à construção de novas unidades de saúde. Por outro lado, ele confirmou a autorização do repasse para a obra do CAPs 3 e para o programa de fitoterápicos. 

Piau espera que cobrança possa levar municípios a confirmar participação

O prefeito Paulo Piau (MDB) considerou coerente a resposta do ministro em relação ao pleito do Hospital Regional. Ele concorda que é necessário apresentar o plano de sustentabilidade financeira e a fonte do custeio, antes da injeção de mais recursos na unidade.

Piau também espera que os municípios da região entendam a cobrança do ministro e confirmem a participação financeira na manutenção do HR. “Mais da metade das prefeituras já está com lei aprovada na Câmara [para autorizar o repasse]. Esse chamado feito aqui vai favorecer para que as outras também compareçam”, declara.



OUTRAS NOTCIAS


Samu Regional prioridade para o novo presidente de consrcio (25/02)
Fracasso de leilo da planta de amnia mostra acerto na desistncia, diz Piau (25/02)
Apesar da conquista do voto h 86 anos, mulheres so minoria na poltica (25/02)
Integrantes do Livres em Uberaba migram em conjunto para o Novo (25/02)
PMU acerta pendncias e libera mais de R$ 1,3 milho do FGTS da extinta Fumesu (25/02)
Juzes divulgam alteraes decorrentes do rezoneamento eleitoral em Uberaba (24/02)
Professores municipais pedem mais 15%, alm dos 7,13% j anunciados (24/02)
Projeto facilita emisso de alvars para clnicas em prdios inacessveis (24/02)
Piau acerta mudanas no Plano Diretor para expandir eixos urbanos da cidade (24/02)
Fracassa leilo dos equipamentos da planta de amnia da Petrobras (24/02)
PMU anuncia liberao de R$ 1,3 milho para quitar pendncia trabalhista da Fumesu (24/02)
Servidores do Ipsemg entram em greve a partir de hoje por melhor atendimento (23/02)
Tribunal de Contas far auditoria para apurar atraso em repasses em Minas (23/02)
Leilo de aparelhos de fbrica da Petrobras no DI-3 finalizado (23/02)
CMU aprova seis projetos na penltima sesso legislativa do ms de fevereiro (23/02)
Leilo de equipamentos da Petrobras fracassa: nenhum dos 37 lotes vendido (23/02)
Michel Temer prova que est vivo e volta a receber aposentadoria (23/02)
Cmara aprova projeto que flexibiliza alvar de funcionamento em prdios antigos (23/02)
PF prende presidente da Fecomrcio-RJ, suspeito de usar esquema de Cabral (23/02)
Vinte anos aps desmoronamento, vtimas do Palace 2 ainda no foram indenizadas (23/02)




San Marco
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
RIVER AUTOPEAS
SINTONIZE

ENQUETE
Apesar de a PMU descartar surto de meningite na cidade, h aumento significativo no nmero de casos. A vacinao a forma mais eficaz de preveno. Voc est com a imunizao em dia?







JM FORUM
Aps pedidos de moradores e vereadores, o albergue municipal vai se mudar do Boa Vista para a av. Orlando R. Cunha. Na sua opinio, a mudana positiva?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018