JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 18 de julho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Ações marcam Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo

O objetivo é sensibilizar a população, incentivando a erradicação do trabalho escravo; atividades incluem simpósios e manifestações

Última atualização: 28/01/2018 - 16:49:06.

Uma programação intensa marca a Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. A partir desta sexta (26), o Ministério do Trabalho (Mtb) promove diversas ações no país. O objetivo é sensibilizar a população para o tema, incentivando a erradicação do trabalho escravo. As atividades programadas incluem a distribuição de material sobre o assunto e a realização de simpósios, painéis e manifestações nas redes sociais.

As ações reforçam o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, lembrado em 28 de janeiro. A data foi criada em 2009, em homenagem aos auditores fiscais do Trabalho Erastóstenes de Almeida Gonsalves, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva e o motorista Ailton Pereira de Oliveira, assassinados em 28 de janeiro de 2004 durante vistoria a fazendas na zona rural de Unaí, Minas Gerais.

Em Minas Gerais, onde foi registrado o crime, haverá o Encontro pelo Combate ao Trabalho Análogo ao Escravo Contemporâneo e ato alusivo à chacina de Unaí. O evento será realizado pelo Comitê Estadual de Atenção ao Migrante, Refugiados e Apátrida, Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Erradicação do Trabalho Escravo (Comitrate). O governo local também promoverá ações de conscientização junto à população no dia 31 de janeiro.

Saiba como denunciar

O cidadão pode apresentar uma denúncia da prática de exploração análoga ao trabalho escravo em um dos postos de atendimento do Ministério do Trabalho (Superintendências Regionais ou Gerências Regionais do Trabalho) ou por meio do Disque Direitos Humanos, o Disque 100, do Ministério dos Direitos Humanos.

Fonte: Ministério do Trabalho
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia