JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 14 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Parecer sobre concurso será divulgado hoje

Ministério Público liberou ontem parecer sobre o concurso público da Prefeitura de Uberaba para o Tribunal de Contas...

Por Gisele Barcelos. Última atualização: 26/08/2009 - 22:39:32.

Ministério Público liberou ontem parecer sobre o concurso público da Prefeitura de Uberaba para o Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE-MG). Equipe técnica da PMU buscava informações sobre o documento para agilizar eventuais correções no edital, mas até o fechamento desta edição o conteúdo do relatório não havia sido divulgado.

Segundo o presidente da Comissão de Concurso, Romes Belchior Júnior, os técnicos vão repassar os detalhes sobre o parecer do MP ainda hoje. Ele explica que a expectativa sobre o conteúdo é grande, pois quando houve a suspensão do concurso do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos (Ipserv) o TCE-MG acatou na íntegra as ponderações da Procuradoria. “A intenção nossa é já providenciar o que precisar ser corrigido”, afirma.

Enquanto o processo está nas mãos do conselheiro relator, Romes tranquiliza os candidatos e afirma que as inscrições efetuadas são válidas. Segundo ele, os inscritos serão informados via correspondência, por meio do Comprovante Definitivo de Inscrição (CDI), sobre a nova data das provas, o horário e local da avaliação. O comunicado também sairá no Porta-Voz e em veículos de comunicação da cidade.

Ipserv. Quanto ao concurso do Ipserv, as inscrições começam às 9h, do dia 9 de setembro, e serão finalizadas às 19h, do dia 9 de outubro. A informação é do presidente da Comissão de Concursos, Romes Belchior da Silva Júnior. “Nós fizemos as correções solicitadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais e agendamos então a nova data”, explica Romes.

Os candidatos poderão optar pelos cargos de agentes previdenciários ou analista previdenciário. No primeiro caso, é exigido o 2º grau completo e estão disponíveis oito vagas. Já para o outro cargo é necessário curso superior, com especialidades de médico do trabalho, contabilidade, secretário executivo, serviço social e gestão de pessoas. São disponibilizadas seis vagas. As remunerações variam entre R$ 600,00 a R$ 1.500,00.

Os valores das inscrições são de R$ 29,50 para agentes previdenciários e R$ 45,00 para analistas. Em relação às provas, o presidente da Comissão acredita que devem ocorrer em meados de novembro.

Uma das modificações ocorridas por atribuição do Tribunal de Contas é em relação à isenção da taxa de inscrição para famílias de baixa renda, seguindo decreto federal que diz respeito ao cadastro único do Bolsa Família. Para requerer a isenção, o candidato deverá se inscrever entre os dias 9 e 15 de setembro. O resultado será divulgado no dia 22 do mesmo mês.

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia