JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de setembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Governo do Estado quita com atraso a 1ª parcela dos salários dos servidores

Pagamento da 1ª parcela do salário dos servidores do Estado foi concluído ontem. Foi o que informou o governo de Minas

- Por Marconi Lima Última atualização: 22/06/2018 - 22:27:16.

O pagamento da primeira parcela do salário dos servidores do Estado foi concluído ontem. Foi o que informou o governo de Minas de Gerais. A previsão inicial para o pagamento integral da primeira parcela dos salários, referentes a maio, no valor de até R$3 mil, estava prevista para a quarta-feira da semana passada, dia 13, mas somente 47% dos funcionários tiveram o dinheiro depositado.

Para os outros servidores foi feito fracionamento do parcelamento na sexta-feira (15), quando R$1.500 foram disponibilizados. Para os servidores inativos, na terça-feira (19) foram depositados R$500, enquanto que o prometido era a liberação de R$1mil. De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado, ainda não há previsão para quitar os benefícios dos inativos. (Leia sobre protesto de apoio aos servidores inativos na página 5)

A justificativa da Secretaria de Fazenda do Estado para a dificuldade em honrar os pagamentos foi pela queda da arrecadação em Minas nos primeiros dias de junho, por conta da greve dos caminhoneiros. Os cálculos apontados pela Secretaria da Fazenda é que o Estado deixou de arrecadar R$340 milhões nos 11 dias de paralisação. “Em relação aos valores restantes da primeira parcela de parte dos servidores inativos, os depósitos serão feitos tão logo o fluxo de caixa do Tesouro Estadual seja normalizado”, informou a Fazenda.

A forma do parcelamento, como divulgado no início de junho, ficou da seguinte forma: servidores com salário até R$3 mil líquidos receberam integralmente na primeira parcela. Quem tem contracheque até R$6 mil tem R$3 mil depositado na primeira parcela e o restante, na segunda. Por fim, servidores com salário acima de R$6 mil, em duas parcelas de R$3 mil depositadas em 13 e 25 de junho. O restante tem previsão de cair na conta no dia 29.

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia