JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Secretário de ministério diz que mais 700 mil casas serão erguidas

Ao entregar unidades do programa Minha Casa Minha Vida em Uberaba, representante do Ministério das Cidades disse que governo federal está retomando obras paradas

- Por Marconi Lima Última atualização: 22/06/2018 - 07:29:28.

Sandro Neves


Silvani Alves Pereira, secretário-executivo do Ministério das Cidades, representou ontem o ministro Alexandre Baldy

Com a presença do secretário-executivo do Ministério das Cidades, Silvani Alves Pereira, foram entregues ontem as chaves aos mutuários de 701 unidades habitacionais do módulo B do Residencial Rio de Janeiro. São unidades contratadas no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV)/faixa 1. As casas beneficiarão 2.804 pessoas com renda mensal de até R$1,8 mil. Com a conclusão desta última etapa, já são 2.101 casas entregues neste empreendimento, de acordo com dados fornecidos pela Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande (Cohagra).

De acordo com Silvani, o empreendimento dispõe de infraestrutura completa com pavimentação, rede de água e esgotamento sanitário, drenagem e energia elétrica, além de unidades adaptadas para pessoas com deficiência e equipamentos públicos próximos às residências como creches, escolas, postos de saúde e de segurança. “Nós já ultrapassamos mais de cinco milhões de unidades habitacionais construídas no Brasil. E quero destacar que, no caso deste Residencial Rio de Janeiro, em Uberaba, trata-se de investimento para atender famílias de baixa renda, que vão pagar prestações entre R$80 e R$200”, frisou Silvani.

O ministro garantiu que, ainda este ano, outras 700 mil novas unidades habitacionais serão entregues e Uberaba ainda pode ser beneficiada com esta ação. “Esta é a meta estabelecida pelo governo federal. Inclusive, estamos retomando as obras em unidades habitacionais que estavam paradas há dois anos. Aqui, em Uberaba, o prefeito Paulo Piau (MDB) me informou que existiam mais de três mil unidades habitacionais que estavam paradas”, disse o secretário-executivo do Ministério das Cidades.

Leia mais:

Câmara agiliza sessões para os vereadores irem à solenidade

Meta é zerar o déficit habitacional, diz Piau na entrega dos imóveis

Prefeito pede agilidade na liberação de recursos para obras paradas
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia