Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Marconi Lima - 11/01/2017

Atual legislatura comea com representao partidria menor

Compartilhar:

A atual legislatura terá a primeira reunião ordinária no dia 13 de fevereiro. Quando a sessão ordinária for aberta pelo presidente Luiz Dutra (PMDB), o plenário terá quase metade da representação partidária da anterior. Enquanto em 2012 foram eleitos vereadores por 10 diferentes partidos, agora são seis legendas que abrigam os atuais parlamentares.

Alguns dos partidos, que elegeram vereadores no pleito de 2012, não figurarão no painel de votação a partir do próximo mês. Há quatro anos o plenário contava com três parlamentares do PSL, dois do PR, dois do PMDB e um de PP, PSB, PSDB, PRTB, PRB, DEM e PDT.

Dessas legendas, apenas PR, com quatro parlamentares e PMDB, com três, conseguiram eleger vereadores nas duas últimas eleições. Já PSL, PP, PSB, PRTB, PRB, DEM e PDT ficaram de fora.

Quando registrarem a presença no painel eletrônico em 13 de fevereiro, serão quatro vereadores do PR, três do PMDB, dois de PTB, PSD e PHS e um do PEN.

As novidades na atual legislatura são: PTB, PSD, PHS e PEN. Vale lembrar que ao longo da gestão passada, muitos vereadores mudaram de partido. Foi o caso de Luiz Dutra: eleito pelo PDT, mudou-se para o SD e depois filiou-se ao PMDB. Kaká Carneiro deixou o PSL e se abrigou no PR. Marcelo Borjão trocou o DEM pelo PR. Samir Cecílio trocou o PR pelo SD e terminou no PSDB. Elmar Goulart foi PSL, depois SD e por fim PMN, mesmo caminho feito por China. Já Afrânio Cardoso começou no PP, passou pelo Pros e ficou no PMN.

O vereador mais votado para o atual mandato, Franco Cartafina, chegou à Câmara em 2012 pelo PRB e depois se filiou ao PHS. O ex-vereador Edmilson de Paula conseguiu a eleição há quatro anos pelo PRTB, teve rápida passagem pelo PMN e terminou no PR. O atual vice-prefeito, João Gilberto Ripposati, começou no PSDB e depois foi para o PSD (com a troca da direção local do PSDB, ele deixou a sigla). O PSD também foi o caminho de Ismar Marão, eleito inicialmente em 2012, pelo PSB. E por fim, Cleber Cabeludo estava no PMDB, foi para o Pros e encerrou o mandato no PP.



OUTRAS NOTCIAS


Assembleia j prepara festa da Medalha da Inconfidncia (20/02)
Pauta da Cmara traz s projetos dos vereadores (20/02)
Secretrio no abandona articulaes e acredita na consolidao da planta de amnia (20/02)
Deputados aprovam matria que probe matana de bichos (20/02)
Retomada de obra em Trs Lagoas acende luz em Uberaba (20/02)
Professores contestam mudana no pagamento de aulas excedentes (19/02)
Vereador solicita a digitalizao dos livros de sepultamentos dos cemitrios (19/02)
Secretrio espera completar 80% das equipes das UBSs at maro (19/02)
Vereadora diz que Comisso de Direitos Humanos deve atender mais demandas (19/02)
Relao do Acorda Uberaba e CMU estremece aps proposta de projeto (19/02)
Provas para a seleo de agentes de endemias sero no dia 12 de maro (19/02)
Marcos Montes deixa a presidncia da Frente Parlamentar da Agopecuria (18/02)
Denise quer sesses da CMU com a presena de profissionais de Libras (18/02)
Piau no d ponto facultativo para emendar carnaval e feriado (18/02)
Vereador leva ao governador impasse do transporte escolar rural para o IFTM (18/02)
Aeroporto de cargas prioridade do novo secretrio da Amvale (18/02)
Ministrio da Sade oficializa R$ 18,1 mi ao ano para hospital (18/02)
Presidente do Ipserv ser convidado a falar sobre a situao do instituto (17/02)
Dutra reconduz ocupantes dos cargos comissionados da Cmara Municipal (17/02)
OAB/Uberaba cobra do governo reposio do saldo dos depsitos judiciais (17/02)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
A reforma do Ensino Mdio j foi aprovada no Legislativo brasileiro e agora segue sano presidencial. Ela prev que os estudantes escolham a profisso a seguir antes de iniciar o ensino mdio para direcionar seus estudos. Voc acredita que a reforma vai melhorar o ensino no pas?






JM FORUM
A PMU criou comit especfico para gesto eficiente da Sade. O objetivo estabelecer procedimentos gerenciais que possam resultar na eficincia e transparncia na gesto, bem como oferecer comunidade servios de qualidade. Na sua opinio, o comit se faz necessrio?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017