Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Marconi Lima - 11/01/2017

Atual legislatura comea com representao partidria menor

Compartilhar:

A atual legislatura terá a primeira reunião ordinária no dia 13 de fevereiro. Quando a sessão ordinária for aberta pelo presidente Luiz Dutra (PMDB), o plenário terá quase metade da representação partidária da anterior. Enquanto em 2012 foram eleitos vereadores por 10 diferentes partidos, agora são seis legendas que abrigam os atuais parlamentares.

Alguns dos partidos, que elegeram vereadores no pleito de 2012, não figurarão no painel de votação a partir do próximo mês. Há quatro anos o plenário contava com três parlamentares do PSL, dois do PR, dois do PMDB e um de PP, PSB, PSDB, PRTB, PRB, DEM e PDT.

Dessas legendas, apenas PR, com quatro parlamentares e PMDB, com três, conseguiram eleger vereadores nas duas últimas eleições. Já PSL, PP, PSB, PRTB, PRB, DEM e PDT ficaram de fora.

Quando registrarem a presença no painel eletrônico em 13 de fevereiro, serão quatro vereadores do PR, três do PMDB, dois de PTB, PSD e PHS e um do PEN.

As novidades na atual legislatura são: PTB, PSD, PHS e PEN. Vale lembrar que ao longo da gestão passada, muitos vereadores mudaram de partido. Foi o caso de Luiz Dutra: eleito pelo PDT, mudou-se para o SD e depois filiou-se ao PMDB. Kaká Carneiro deixou o PSL e se abrigou no PR. Marcelo Borjão trocou o DEM pelo PR. Samir Cecílio trocou o PR pelo SD e terminou no PSDB. Elmar Goulart foi PSL, depois SD e por fim PMN, mesmo caminho feito por China. Já Afrânio Cardoso começou no PP, passou pelo Pros e ficou no PMN.

O vereador mais votado para o atual mandato, Franco Cartafina, chegou à Câmara em 2012 pelo PRB e depois se filiou ao PHS. O ex-vereador Edmilson de Paula conseguiu a eleição há quatro anos pelo PRTB, teve rápida passagem pelo PMN e terminou no PR. O atual vice-prefeito, João Gilberto Ripposati, começou no PSDB e depois foi para o PSD (com a troca da direção local do PSDB, ele deixou a sigla). O PSD também foi o caminho de Ismar Marão, eleito inicialmente em 2012, pelo PSB. E por fim, Cleber Cabeludo estava no PMDB, foi para o Pros e encerrou o mandato no PP.



OUTRAS NOTCIAS


Parlamento Jovem realiza etapa com alunos das escolas no Legislativo local (29/06)
Sistemas digitais foram promessas eleitorais de 83% dos prefeitos (29/06)
TCE promove encontro tcnico sobre polticas de educao (29/06)
Vereadores pedem explicaes sobre o grande nmero de pedintes na cidade (29/06)
Cerimonial reconhece o local para organizar evento de inaugurao (29/06)
Gestora do Hlio Angotti nada fala sobre parceria com Uniube (29/06)
TRE amplia atendimento para biometria com abertura de 2 central na cidade (28/06)
Uberaba includa em nova lista para receber mdicos vindos de Cuba (28/06)
Cmara realiza s quatro sesses no ms de agosto e ter LDO e secretrio da Sade (28/06)
Funepu anuncia abertura de seleo para contratar profissionais (28/06)
Sindicato discute com tcnicos o excesso de horas de radiologistas (28/06)
Uniube confirma negociao sobre a gesto do Hospital Regional (28/06)
Acio Neves pede ao STF permisso para manter contato com a irm (28/06)
Relator do TCU recomenda aprovao das contas das gestes de Dilma e Temer (28/06)
Vereadores querem a retirada de prdios ocupados da relao prevista para leilo (27/06)
Prefeitura contratar consultoria para acompanhamento da apurao do VAF (27/06)
Janot denuncia Temer ao Supremo sob acusao de corrupo passiva (27/06)
Titular da Sade diz que vai Cmara falar do convnio da Funepu nas UPAs (27/06)
SSPMU denuncia excesso de horas trabalhadas por tcnicos em radiologia (27/06)
Secretrio garante para julho a licitao do plano de sade (27/06)




Boulevard Mall Edson Prata - novo
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Dois acidentes com vtima fatal em uma semana na BR-262 trouxeram tona velha reivindicao dos moradores do entorno sobre passarela entre os bairros Gameleiras 3 e Valim de Melo. Na sua opinio, ela resolveria o problema?




JM FORUM
Recente aprovao de lei que libera a venda de emagrecedores e inibidores de apetite gera polmica. Mesmo sendo boa opo ao tratamento contra a obesidade, alguns especialistas apontam os riscos potenciais de dependncia e males cardiovasculares, entre outros. Qual a sua opinio sobre o assunto?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017