JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 26 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Sem casos de H1N1, três pessoas morreram por doenças respiratórias

Enquanto primeira morte por H1N1 foi confirmada esta semana em Uberlândia, Uberaba continua sem registro de casos da doença em 2019

11/06/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Enquanto primeira morte por H1N1 foi confirmada esta semana em Uberlândia, Uberaba continua sem registro de casos da doença em 2019. Até o momento a cidade teve 19 notificações de Síndrome Respiratória Aguda, mas todos os casos são causados por outros vírus respiratórios. 

De acordo com o diretor de Vigilância Epidemiológica, Robert Boaventura, os resultados de exame já chegaram e a suspeita de H1N1 foi descartada em todas as 19 notificações de síndrome respiratória aguda. Boaventura explica que, dos 19 casos registrados de contaminação por vírus respiratórios, três pacientes morreram. “O resultado dos exames aponta que foi Síndrome Respiratória Aguda não especificada, o que pode ser, por exemplo, uma pneumonia”, pondera. Quanto aos outros 16 pacientes contaminados por vírus respiratório, três continuam internados em tratamento e os demais já se recuperaram e tiveram alta. 

Em Minas Gerais, 11 mortes por H1N1 já foram confirmadas pela Secretaria de Estado da Saúde. As mortes foram nos municípios de Belo Horizonte (6), Andrelândia (1), Campo Belo (1), Juiz de Fora (1), Leopoldina (1) e Uberlândia (1).

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia