JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de julho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Locais de "radares falsos" podem receber o equipamento, diz secretário de Trânsito

Avenidas Abel Reis, Alexandre Barbosa, Cristo Rei, Doutor Odilon Fernandes e João XXIII estão entre locais que podem ter radares

23/03/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 23/03/2019 - 09:42:38.

Jairo Chagas


Equipamentos eletrônicos de fiscalização do trânsito já passaram por testes na Leopoldino de Oliveira
 
Avenidas Abel Reis, Alexandre Barbosa, Cristo Rei, Doutor Odilon Fernandes e João XXIII estão entre locais que podem ter radares instalados para fiscalização eletrônica. As vias constam em lista de endereços analisados pela Secretaria Municipal de Trânsito, que vazou ontem nas redes sociais.
 
O documento informa que as cinco vias receberiam “radares falsos”, ou seja, apenas teriam a estrutura externa instalada no primeiro momento. O secretário municipal de Trânsito, Wellington Cardoso, explica que a medida é de cunho pedagógico para os motoristas, mas alerta que os novos locais estão autorizados e os aparelhos podem ser remanejados para estes endereços. “Temos esses pontos também e podemos retirar de outro lugar para levar a essas avenidas se for necessário um controle maior”, posiciona. 
 
Por outro lado, o restante da lista traz praticamente o mesmo mapeamento anterior de radares pelas ruas da cidade, com aparelhos espalhados pelas avenidas Dona Maria Santana Borges, Nenê Sabino, Santa Beatriz, Fidélis Reis, Guilherme Ferreira, Leopoldino de Oliveira e Santos Dumont. “Não vamos baixar limite de velocidade em via nenhuma. Os limites são os que já existem. É possível que não haja fiscalização eletrônica em nenhum que não sejam as vias com parâmetro de 60km/h”, salienta.
 
Outros lugares como a avenida da Saudade, Nossa Senhora do Desterro e a rua Medalha Milagrosa – que tiveram radares anteriormente – não estão inclusos na listagem preliminar em estudo pela Secretaria de Trânsito.
 
Uberaba está há mais de dois anos com radares desativados, aguardando definição sobre empresa para a locação dos equipamentos. A contratação foi resolvida no mês passado e a expectativa do prefeito Paulo Piau (MDB) é que a fiscalização eletrônica seja reativada na cidade até abril. (GB)
 

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia