JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 25 de maio de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Piau tenta em Ministério liberar verba para construção de escolas

O município aguarda os recursos há quase um ano para dar o pontapé na construção das unidades

22/02/2019 - 07:38:16. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 22/02/2019 - 07:38:25.

Foto/Divulgação 

Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto recebeu o prefeito ontem em Brasília

O prefeito Paulo Piau (MDB) se reuniu ontem com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, para retomar as articulações com o governo federal e tentar viabilizar a liberação de verba destinada à construção de escolas em novos bairros do programa Minha Casa Minha Vida. O município aguarda os recursos há quase um ano para dar o pontapé na construção das unidades. 

Piau afirma que a reunião com o ministro foi positiva e acredita em uma resposta afirmativa sobre a demanda que está pendente desde a gestão anterior. “A expectativa é favorável, pois ele garantiu que vai achar meios para destravar esse processo. Deixamos as nossas justificativas na mão do ministro e ele ficou sensibilizado. Claro que não podemos deixar de nos lembrarmos da Caixa, que também está nesse processo, esperando autorização do ministério, e a perspectiva é de avançar”, disse.

Uberaba aguarda aporte financeiro do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) para a construção de sete escolas nos novos conjuntos habitacionais. Ao todo, R$18 milhões foram anunciados em março de 2018 pelo então ministro Alexandre Baldi, porém, em meio ao ano eleitoral, nada foi liberado na época. Mesmo assim, a administração municipal já até concluiu a licitação para selecionar as empresas que executarão as obras das novas escolas.

Além disso, o prefeito também tratou com o ministro do Desenvolvimento Regional sobre a retomada das obras do Alfredo Freire IV, que estão paralisadas há mais de um ano. Havia previsão de o serviço ser retomado no início do ano, o que não aconteceu.

De acordo com o chefe do Executivo, há atraso de pagamento do programa Minha Casa Minha Vida e a situação inviabilizou o cronograma. “O ministro está ciente, deixou expectativa de retomar essa obra dentro de um mês. Lembrando que a expectativa é do governo federal, visto que a empresa está no canteiro da obra, pois a primeira declinou no processo”, afirma.

Outro compromisso em Brasília foi no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Piau esteve com o diretor do órgão, Antonio Leite dos Santos Filho, para solicitar rapidez no processo para destravar a conclusão das obras de Travessia Urbana. "A empresa abandonou a obra, as outras empresas da licitação declinaram e agora tem que fazer nova licitação. Vamos dar o andamento a todos os trâmites que são da competência municipal e ainda com a determinação do general em apressar o processo. Mesmo sendo um início de governo, não tem como esperar estabilizar. Embora as decisões aguardem orçamento, colocamos nossa agenda nas mãos de quem decide e deixamos nossas pautas em destaque”, declara.

O prefeito esteve ainda com parlamentares para tratar projetos para o desenvolvimento regional e formalizar o convite para o Fórum de Desenvolvimento Econômico que acontecerá no dia 10 de maio.  

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia