JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 26 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Secretário de Administração confirma liberação do tíquete para terça-feira

A data foi confirmada ontem pelo secretário municipal de Administração, Rodrigo Vieira, após reunião entre a equipe financeira e a operadora dos cartões

12/01/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 12/01/2019 - 08:13:04.

Divulgação


Secretário de Administração, Rodrigo Vieira, reuniu-se ontem com o setor financeiro e a operadora dos cartões para definir a liberação

Tíquete-alimentação para o funcionalismo da Prefeitura será liberado na terça-feira (15). A data foi confirmada ontem pelo secretário municipal de Administração, Rodrigo Vieira, após reunião entre a equipe financeira e a operadora dos cartões. 

Vieira explica que houve a entrada de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) esta semana e, também, o ingresso de receita antecipada do IPTU. O montante repassado do FPM esta semana foi de R$2,1 milhões. Além disso, houve a transferência de R$2,9 milhões do IPVA. “Estamos priorizando os pagamentos ao servidor com os recursos para evitar atrasos”, salienta.

Com isso, foi possível quitar valores em atraso no mês passado e efetuar o pagamento do período atual para viabilizar o crédito do tíquete-alimentação sem atrasos em janeiro. “Estávamos devendo um saldo do mês passado e conseguimos equacionar. Pagamos agora a empresa para que o tíquete seja liberado no dia 15”, posiciona.

Depois de atrasos nos últimos três meses do ano passado para pagar os salários e o tíquete-alimentação, a Prefeitura parece ter acertado a situação. O décimo terceiro foi liberado em dia em dezembro e os salários em janeiro também foram depositados de forma integral para todo o funcionalismo dentro prazo, no quinto dia útil. 

O alívio na situação financeira veio no fim do ano passado porque a Justiça determinou o sequestro de recursos do Estado para repasse à Prefeitura. O município entrou com ação judicial em agosto para cobrar o pagamento dos repasses atrasados do ICMS ao Estado e o juiz concedeu liminar para o depósito de R$18 milhões para a Prefeitura.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia