JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de setembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Com novos deferimentos, cidade já tem 15 candidatos oficializados

Justiça Eleitoral deferiu o registro de candidatura de Gleibe Terra Júnior (PRTB) a deputado estadual e de Romeu Borges

13/09/2018 - 22:49:25. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 13/09/2018 - 22:49:37.

Justiça Eleitoral deferiu o registro de candidatura de Gleibe Terra Júnior (PRTB) a deputado estadual e de Romeu Borges (PSL) para a disputa na Câmara Federal. Até agora, 15 nomes com base eleitoral em Uberaba já foram aprovados para participar das eleições este ano.

Gleibe ainda não informou receitas e despesas de campanha ao TRE-MG (Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais). Já Romeu declarou ter aplicado R$30 mil em recursos próprios para custear a divulgação da candidatura. O candidato do PSL já contratou R$41.980 em despesas. Desse total, R$27.980 já foram pagos. Os principais gastos são com publicidade em materiais impressos e adesivos, serviços prestados a terceiros, locação de imóveis e atividades de militância e mobilização de rua.

Dos 11 postulantes à Assembleia Legislativa por Uberaba e região, sete já tiveram os pedidos aprovados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG). Outros quatro ainda aguardam julgamento pela Corte.

Já para deputado federal, pelo menos 19 nomes com base eleitoral na cidade entraram com pedido de registro de candidatura. Até agora oito já foram autorizados a disputar vaga no Congresso Nacional. Os demais aguardam julgamento do TRE-MG.

A Corte Eleitoral também deferiu os pedidos de Catarina Leopoldino (PSL), Daniel Angotti (Novo), Heli Andrade (PSL), João Gilberto Ripposati (PTB), Kênia Borges (PCdoB) e Paulo Pires (Patri) para concorrer à Assembleia Legislativa. 

Além disso, Caio Narcio (PSDB), Carlos Barbosa Siqueira (Patri), Emanuel Kappel (PRTB), Eustáquio Reis (Psol), Franco Cartafina (PHS), Gabriel Mendes (Novo) e Zé Silva (SDD) tiveram registros concedidos para disputar vaga na Câmara Federal.

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia