JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 22 de setembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Representantes da Rodoban se negam a se reunir com vizinhos

Moradores reclamam do silêncio da empresa, visto que muitos deles tiveram prejuízos com danos em suas casas em virtude das explosões

- Por Da Redação Última atualização: 07/03/2018 - 15:17:27.

Divulgação PMU


Prefeito e representantes da área de segurança estiveram reunidos com moradores das proximidades da empresa Rodoban

Nenhum representante da empresa de transporte de valores Rodoban participou de reunião reivindicada por moradores do entorno da sua sede, no bairro Boa Vista. O encontro teve a participação do prefeito Paulo Piau, secretários, comandos das polícias Militar e Civil, do presidente da Câmara Municipal, Luiz Dutra, e demais vereadores. O objetivo do evento foi discutir a situação dos moradores mediante o roubo, que contou com explosões e uso de armas de fogo de alto calibre durante a ação.

Moradores reclamam do silêncio da empresa, visto que muitos deles tiveram prejuízos com danos em suas casas em virtude das explosões. Além disso, vários sofrem com questões psicológicas e temem por novo ataque. Eles revelaram que a Rodoban havia assumido um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), mas que nada foi feito até agora.

“Lamento que nenhum representante da empresa tenha vindo. Mas eles assinaram o TAC e vamos cobrar o seu cumprimento. Infelizmente, a lei atual não impediu de agir da forma que gostaríamos, mas estamos discutindo alterações no Plano Diretor, e, se for possível legalmente, a presença de empresas de valores em bairros residenciais não será permitida. A Seplan está estudando toda esta questão”, afirmou Paulo Piau.

O presidente do Legislativo, Luiz Dutra, disse que a Câmara Municipal estará pronta para discutir e votar a mudança no Plano Diretor que possa dar mais segurança aos cidadãos que moram nas imediações de empresas de transportes de valores.

De acordo com o prefeito, o chefe de gabinete Fernando Hueb vai dar continuidade às ações em torno da elaboração do projeto junto à Procuradoria-Geral, Secretaria de Saúde e Defesa Social, Trânsito e Transporte. “Entendemos que a empresa tem responsabilidade social perante a comunidade do entorno”, disse Piau. O prefeito comentou ainda que a Secretaria de Saúde oferece atendimento psicológico aos moradores e também está à disposição a Defesa Civil, quanto à elaboração de laudos dos danos nos imóveis.

A Secretaria de Saúde colocou à disposição dos moradores atendimento psicossocial em grupo nas unidades de saúde do bairro. Contato com os moradores será feito para os agendamentos.

Entenda o caso: Quadrilha aterroriza cidade ao roubar transportadora de valores

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia