Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
09/02/2018

Lerin cobra que Estado acelere os repasses s unidades credenciadas ao Sistema nico

Compartilhar:


Lerin com o secretário de Estado da Saúde, em exercício, Nalton Sebastião Moreira

Em visita esta semana ao secretário de Estado da Saúde em exercício, Nalton Sebastião Moreira da Cruz, o deputado estadual Antônio Lerin colocou seu mandato à disposição para busca constante de alternativas que garantam a melhoria da Saúde no Estado. Contudo, o deputado falou sobre a necessidade de o governo acelerar o repasse aos hospitais credenciados ao SUS (Sistema Único de Saúde), bem como em relação ao Pro-hosp, que é um programa que tem recursos 100% provenientes dos cofres do Estado. “Fui dar as boas-vindas, mas é preciso que o secretário veja com carinho a situação de nossos hospitais. O repasse é fundamental para que as instituições realizem diversos procedimentos importantes, que hoje estão comprometidos”, afirma Lerin.

Como exemplo, o deputado citou o Hospital Regional de Uberaba, que hoje ainda não atende plenamente ao seu propósito, devido às dificuldades de custeio, que segundo o secretário de Saúde do município, Iraci Neto, estaria garantido apenas até abril. Segundo Lerin, o secretário de Estado Nalton Cruz mostrou-se solícito, e disse que o repasse do programa Pro-hosp, que está atrasado, deverá ser regularizado. Mas destacou que o Hospital Regional de Uberaba ainda tem pendências por meio do perfil hospitalar, de acordo com a deliberação publicada. Se isso for regularizado, o Estado publica a resolução e passa o recurso. O financiamento do hospital é tripartite, ou seja, União, Estado e municípios. No caso de Minas, os 25% que deverão ser repassados são recursos provenientes do Pro-hosp.

“Apesar de saber a grande engenharia econômica que a administração estadual está tentando realizar para dar conta das despesas e investimentos, é preciso eleger prioridades e eu pedi ao secretário que os repasses fossem agilizados junto aos municípios”, ressalta Lerin.  No caso do repasse da verba do SUS, é importante esclarecer que muitos municípios são de gestão plena, como é o caso de Uberaba, o que significa que os recursos da União vão direto, não passam pelo Estado. No caso dos que não são de gestão plena, os recursos chegam ao Estado e os valores que são prefixados, o repasse é feito num prazo de cinco dias para os hospitais. Já no caso dos pós-fixados, esse prazo dependerá da apuração de produção desses hospitais para que o Estado faça o repasse.

Prevenção. Lerin também mostrou sua preocupação com a questão da febre amarela e da dengue no Estado. Em Uberaba já há riscos de epidemia de dengue. De acordo com diretora de Informações em Saúde da SES-MG, Marcela Augusta Teixeira, o governo dará ajuda financeira até o limite de R$ 1.500.000,00 aos municípios para atender à população durante a Situação de Emergência em Saúde Pública, prevista no Decreto NE nº 31, de 25 de janeiro de 2018.

O extrapolamento de teto financeiro ocorre quando o município realiza mais procedimentos de Saúde do que foi pactuado para custeio mensal na Programação Pactuada Integrada (PPI). “A febre amarela é mais um obstáculo que temos que vencer e nossas comunidades precisam se unir e reagir contra a proliferação dos mosquitos. A higiene é nossa arma”, finaliza.


 



OUTRAS NOTCIAS


Jogos da Seleo na Copa alteram expediente na PMU (21/05)
Projeto de Lei Oramentria do Estado para 2019 ainda prev dficit de R$ 647 milhes (21/05)
Audincia da Assembleia vai abordar acmulo de cargos no servio pblico (21/05)
Deputados locais aprovam MP sobre venda de petrleo (21/05)
Deciso de Adalclever sinaliza que impeachment deve seguir na Casa (21/05)
Inverso de nota deixa Uberaba fora da lista do Carto Reforma (21/05)
Emisso de guias da Cosip para os donos de terrenos ainda no tem data (20/05)
A 10 dias do fim do prazo, apenas 5% entregaram o VAF (20/05)
Projeto que garante prioridade a idosos em processos segue para sano da PMU (20/05)
Duas operadoras so credenciadas para receber multas de trnsito (20/05)
Produtores rurais contestam a exigncia de vacinas e exames em gado dos leiles (19/05)
Ainda na UTI de hospital em So Paulo, Caio Narcio tem melhora (19/05)
Exigncias feitas pela Mosaic so entregues durante encontro (19/05)
Manifestando-se contra falta de discusso, sindicalistas questionam aumento no Ipserv (19/05)
Luiz Dutra empossado prefeito e mantm agenda de Paulo Piau (19/05)
Gol sinaliza com a possibilidade de retomar voos para So Paulo (19/05)
Defesa pede volta de benefcios previstos para Lula (19/05)
Dirceu ficar na Papuda at deciso final sobre cumprimento de pena (19/05)
Adutora do Codau atravessar a BR-050 (18/05)
Mudanas no Plano Plurianual de Ao Governamental passam pelo Legislativo (18/05)




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018