Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 11/01/2017

De 14 regies avaliadas apenas duas tm ndice considerado satisfatrio

Compartilhar:

Das 14 regiões pesquisadas no LIRAa, apenas duas apresentaram índice inferior a 1%, o que é considerado satisfatório pelos critérios do Ministério da Saúde. As outras 12 estão em situação de alerta: três ficaram entre 1% e 2%; quatro entre 2% e 3%; e cinco entre 3% e 3,60%. Nenhuma região teve índice superior a 4%, que representa risco de surto de dengue.

Com índice de 3,6%, os bairros que apresentaram maior proliferação do Aedes aegypti foram: Vila João Pinheiro, Jardim Indianópolis, Jardim Triângulo, Vila Craide, Jardim Eldorado, Vila Arquelau, Morada do Sol, Conjunto Boa Vista, Vila Presidente Vargas, Vila Leandro, Vila Bela Vista, Vainice Andrade, Residencial Maria Alice, Cyrela Landscape I e Cyrela Landscape II, Nossa Senhora Aparecida, Costa Teles I, Silvério Cartafina e Orlando Costa Teles.

O diretor de Vigilância em Saúde, Nelson Rannieri, afirma que os motofogs serão intensificados a partir desta semana nas áreas da cidade que apontaram um maior número de imóveis com a presença do Aedes aegypti. Além disso, os agentes de zoonoses continuam com as visitas domiciliares de rotina para orientar a população e eliminar os focos do mosquito.

Rannieri também posiciona que um cronograma está sendo elaborado com a Secretaria de Serviços Urbanos para a volta do mutirão de limpeza. Segundo ele, o lançamento deverá ser feito até o fim do mês, pois é necessário organizar a estrutura e o pessoal necessário para o trabalho.   

Conforme o resultado do LIRAa, os bairros com menor índice de infestação (0,70%) são: São Benedito, Bom Retiro e Cidade Jardim, (0,90%); Boa Vista, Vila São José, Jardim das Palmeiras, Jardim Espírito Santo, Fabrício, Vila Militar, Jardim São Bento, Vila Olímpica, Jardim Nenê Gomes e Tancredo Neves.

Leia mais:
LIRAa mantém cidade em alerta quanto à infestação do Aedes



OUTRAS NOTCIAS


Vereador espera para maro reunio com Pimentel sobre preos dos combustveis (15/12)
Piau sai em defesa de Michel Temer ao reagir a vaias de pequeno grupo (15/12)
Legislativo liberou 13 salrio dos servidores nesta quinta-feira (15/12)
Baldy se esquiva de comentar sobre votao da reforma da Previdncia (15/12)
Lideranas pedem manuteno de verba para represa (15/12)
Restaurante Popular volta pauta da Cmara nesta sexta-feira (15/12)
Conjuntos carecem de recursos para construir escolas, creches e UBSs (15/12)
Ministro anuncia verba para creche no Isabel do Nascimento (15/12)
Temer recebe alta de hospital em So Paulo (15/12)
Acio afirma que concorrer ao governo de Minas ou ao Senado em 2018 (15/12)
Justia marca para 20 de fevereiro interrogatrio de Lula na Operao Zelotes (15/12)
Empresa assina protocolo de intenes para investir em nova unidade no DI-2 (14/12)
Prefeitura autorizada a conceder iseno fiscal a concessionrias (14/12)
Cmara aprova em 2 turno o aumento do nmero de vereadores (14/12)
Receita municipal em novembro 10,5% maior que a do mesmo ms de 2016 (14/12)
Ministro das Cidades entrega hoje unidades do Isabel do Nascimento (14/12)
Senado aprova securitizao das dvidas da Unio, medida que pode garantir 13 dos servidores mineiros (14/12)
Governo libera ICMS atrasado (13/12)
Fernando Pimentel acompanha votao de projeto para garantir recursos para 13 em MG (13/12)
Aposentados com benefcio acima de R$ 2,5 mil continuam sem receber (13/12)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Os vereadores aprovaram em segundo turno, por 13 votos a um, o aumento do nmero de cadeiras para a prxima legislao, em 2021. Voc concorda com a proposta?




JM FORUM
Empresas do transporte coletivo solicitam aumento de cerca de 10% no valor da passagem, que pode chegar a R$ 4,17 em 2018. Na sua opinio, o que poderia justificar este aumento?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017