Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 10/01/2017

Agremiao descarta ataque ao agronegcio em samba-enredo

Compartilhar:

Após reação de entidades ligadas ao setor rural, Imperatriz Leopoldinense se manifestou nas redes sociais e descartou ataque ao agronegócio no samba-enredo apresentado para o carnaval 2017 no Rio de Janeiro. ABCZ e Girolando divulgaram notas de repúdio à escola de samba carioca na semana passada.

Por meio das redes sociais, o carnavalesco Cahe Rodrigues posicionou que a Imperatriz Leopoldinense abordou no ano passado a história da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano, mostrando a vida do homem do campo e a importância da produção agropecuária da região Centro-Oeste para o abastecimento.

Dessa forma, o carnavalesco argumentou que não houve intenção de atacar o setor rural com o samba-enredo de 2017.  “Seria, no mínimo, estranha a nossa posição de exaltarmos o trabalho de produtores rurais num carnaval e criticá-lo no outro [...]. Nunca foi nossa intenção agredir o agronegócio, setor produtivo de nossa economia a quem respeitamos e valorizamos”, continua o texto.

O carnavalesco carioca ainda ponderou que as críticas são apenas à exploração da terra de forma não sustentável, que prejudica a preservação do meio ambiente. “Combatemos, sim, em nosso enredo, o uso indevido do agrotóxico, que polui os rios, mata os peixes e coloca em risco a vida de seres humanos, sejam eles índios ou não, além de trazer danos, em alguns casos irreversíveis, para nossa fauna e flora”, acrescentou. 

Além disso, Rodrigues afirmou que o ponto principal do tema deste ano é abordar a importância da reserva do Parque Indígena do Xingu e defender o respeito à população indígena. “Nosso objetivo não é outro senão fazer um alerta sobre os riscos que ainda ameaçam as 16 etnias que ali resistem e, indiretamente, muitas outras espalhadas pela Amazônia [...]. Quando a Imperatriz decidiu levar o Xingu para a Avenida, tinha uma razão muito forte. Ela quer dizer apenas: respeitem o nosso índio e aprendam, com ele, a amar o que chamamos de Brasil”, encerrou.



OUTRAS NOTCIAS


Alm da presidncia da Cmara, PMDB tentar a liderana do Executivo (20/01)
Em 2016, Sade confirmou 24 casos de zika vrus em gestantes (20/01)
De 10 adjuntos nomeados nove estavam na antiga equipe (20/01)
Tony ser reempossado como deputado estadual na ALMG dia 1 de fevereiro (20/01)
Motoristas do Uber fazem protesto e Sedest pede projeto de regulamentao (20/01)
PMU prorroga contrato com RN mediante renegociao de dbito (20/01)
Montes articula contrapartida ao PSD junto a candidatos presidncia da Cmara Federal (19/01)
Vereadores da nova legislatura j podem protocolar projetos (19/01)
PR no descarta trocar apoio na Cmara por cargo no primeiro escalo de Piau (19/01)
Com infestao do Aedes em alerta, motofogs so acionados no combate (19/01)
Estado libera 5 mil doses de vacina contra a febre amarela para a cidade (19/01)
Concursados cobram agilidade na convocao durante protesto (19/01)
Reunio da bancada do PR na CMU com deputado deve definir sobre a liderana (18/01)
Assembleia atua junto com o governo para orientar populao sobre surto de febre amarela (18/01)
MP aguarda posio da Justia sobre contratos na Prefeitura (18/01)
Com procura em alta comea a faltar vacina da febre amarela (18/01)
Aprovados organizam ato para pedir mais agilidade nas nomeaes (18/01)
Falta de profissionais persiste nas Unidades Bsicas de Sade (18/01)
Concursados realizam manifesto e conseguem reunio com secretrio de Administrao (18/01)
Compra de cadeiras de rodas para Adefu pode facilitar aproximao do PR a Piau (17/01)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Concluso das obras do sistema BRT Sudeste/Sudoeste foi novamente adiada e, segundo previso da administrao, ser em junho. Na sua opinio, o sistema funcionar ainda este ano?






JM FORUM
Anvisa liberou recentemente o registro e a comercializao do primeiro medicamento com princpios ativos derivados da maconha. Qual sua opinio sobre o uso da droga em tratamentos de doenas psiquitricas ou neurodegenerativas?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017