JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Após invadirem boate em Delta, cinco homens armados mantêm vítimas em cárcere privado por uma hora

Cinco homens em posse de revólveres, espingarda e garrucha, entraram em uma boate e renderam os frequentadores na tarde desta quarta-feira (17) em Delta, na rua José Balbino Correia, no Centro

Última atualização: 18/01/2018 - 11:19:35.

 Cinco homens em posse de revólveres, espingarda e garrucha, entraram em uma boate e renderam os frequentadores na tarde desta quarta-feira (17) em Delta, na rua José Balbino Correia, no Centro. Os criminosos agrediram as vítimas e as mantiveram em cárcere privado por cerca de uma hora. Três dos autores foram identificados, por meio de rede social, como sendo moradores de Uberaba.

As vítimas relataram à Polícia Militar que o bando chegou ao local armado e anunciou o assalto por volta das 13h50. Durante a ação criminosa, as vítimas foram agredidas com coronhadas e chutes. A todo o momento, os bandidos perguntavam sobre o proprietário do estabelecimento e se no local existia arma e cofre. Mediante a negativa das vítimas, os autores subtraíram os aparelhos celulares, dinheiro e outros objetos de valor.

Após uma hora da ação, os autores fugiram dizendo que a “fita passada” estava errada. As vítimas apontaram para a polícia uma possível mandante do crime como sendo uma mulher, de 19 anos, que havia deixado o local para traficar drogas, porém antes de ir embora teria dito que iria roubar o comércio.

Segundo a PM, a suspeita apontada pelas vítimas, apareceu no local durante a ocorrência. Ela foi abordada, sendo encontrado em sua blusa um cigarro de maconha. Na residência dela, foram encontrados cinco pinos de cocaína e sete buchas de maconha. Ela foi conduzida para a delegacia.

Ainda durante a ocorrência, as vítimas reconheceram três dos autores por meio de perfis de rede social e ainda relataram conhecer os criminosos, como sendo moradores do bairro Gameleiras, em Uberaba. Até o fechamento desta edição os autores ainda não haviam sido presos.

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia