JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 22 de outubro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

MP recomenda liberação de veículos de cargas vivas interceptados

Instituição ainda orienta que os órgãos adotem as medidas criminais cabíveis caso seja constatada a prática de maus-tratos aos animais

- Por Thassiana Macedo Última atualização: 24/05/2018 - 12:40:17.

Coordenadoria Estadual de Defesa da Fauna (Cedef), departamento ligado ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), expediu recomendação aos comandos das polícias Rodoviária Federal e Estadual e do Policiamento Militar Especializado em Meio Ambiente para que fiscalizem os locais de manifestação de caminhoneiros no Estado. O documento pede ainda que os órgãos verifiquem se há veículos de cargas vivas paralisados e, se houver, adotem as providências necessárias para a sua imediata liberação.

A instituição ainda orienta que os órgãos adotem as medidas criminais cabíveis caso seja constatada a prática de maus-tratos aos animais decorrentes da manutenção deles em veículos paralisados, sem provimento de água e alimento e sujeitos a intempéries. Além disso, o Ministério Público solicitou que sejam prestadas informações sobre as providências adotadas no prazo de 72 horas.

Conforme o Ministério Público, há suspeitas de que veículos paralisados em protestos de caminhoneiros contra o aumento de combustíveis possam conter carga viva. E alerta que o artigo 32 da Lei nº 9.605/98 define como crime toda a prática de abuso, maus-tratos, ferimentos ou mutilações de animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. A pena para esse crime é de detenção de três meses a um ano, podendo ser aumentada de um sexto a um terço da pena se ocorrer a morte do animal.

A manifestação dos caminhoneiros contra a alta do combustível já começa a afetar vários serviços em todo o país, como Correios, e o abastecimento de produtos farmacêuticos, alimentos e combustíveis por todo o Estado de Minas Gerais. Os preços de alguns produtos também estão sendo afetados pelo movimento, que atinge as principais rodovias do país.

Leia mais:

Greve de caminhoneiros ameaça serviços; transporte coletivo pode parar no fim de semana

Petrobras recua e anuncia redução de 10% no preço do diesel por 15 dias

Paralisação já provoca atrasos em entregas de produtos para a cidade

Caminhoneiros param também em trechos das rodovias federais

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia