JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de julho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Moradores do Gameleiras denunciam furtos de pedaços de ferro de passarela inacabada

A estrutura fazia do projeto de travessia urbana da Prefeitura de Uberaba que atenderia as marginais das BRs 262 e 050

11/07/2019 - 17:30:51. - Por Tulio Micheli Última atualização: 11/07/2019 - 19:16:02.

Foto/Jairo Chagas

Moradores do Parque das Gameleiras acionaram a reportagem na tarde desta quinta-feira (11) para denunciar que partes da passarela inacabada localizada na altura do KM 803 da BR-262 estão sendo furtadas.

De acordo com a denúncia, autores não identificados estão utilizando esmerilhadeiras e outras ferramentas durante a madrugada, cortando a estrutura que está inacabada por cerca de 3 anos e furtando pequenas peças.

A instalação da passarela se iniciou em 2016, sendo que no dia 30 de setembro o trânsito foi desviado para a instalação da sua estrutura básica entre os pilares.
A passarela iria permitir a travessia de pedestres entre os bairros Gameleiras III e Valim de Melo, porém a obra foi abandonada e uberabenses pagam alto preço pela não conclusão do projeto. Recentemente, um homem foi atropelado e morreu enquanto tentava atravessar o trecho.

Ao todo, a estrutura teria uma extensão de aproximadamente 33 metros, com duas rampas de acesso de 35 metros cada. A estrutura fazia do projeto de travessia urbana da Prefeitura de Uberaba que atenderia as marginais das BRs 262 e 050. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – Dnit aprovou a construção em 2015, liberando uma verba de 7,5 milhões para a execução de diversas obras de adequações viárias na BR-262, incluindo a passarela de custo aproximado de 900 mil reais.

A reportagem entrou em contato com a Concessionária Triunfo Concebra, responsável pelo trecho da BR-262 e, em nota, a assessoria de comunicação informou que a construção e responsabilidade da estrutura da passarela não pertencem à Triunfo, e sim ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – Dnit.

Sendo assim a reportagem também manteve contato com o Dnit, porém até o fechamento desta edição a assessoria de comunicação do órgão não havia respondido nossos questionamentos.

Finalizando a apuração, a reportagem também manteve contato com a Prefeitura de Uberaba, e formos informados por meio de nota, que o prefeito Paulo Piau busca a solução juto ao DNIT quanto a liberação para a licitação do projeto Travessia Urbana, passagem inferior das rodovias federais que cortam a cidade: as BRs 262 e 050 e que a referida passarela está inclusa, tanto que ontem esteve no órgão para acelerar esse processo, e ainda que o superintendente de Obras e Fiscalização da Secretaria de Serviços Urbanos e Obras irá ao local para verificar e se for necessário fará um Boletim de Ocorrência, para apuração.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia