JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de maio de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Desfalcado, Galo almeja vitória para seguir sonhando na Liberta

Só a vitória contra o Nacional (URU) manterá Atlético com chances de classificação

23/04/2019 - 00:00:00. Última atualização: 23/04/2019 - 07:42:58.

Foto/reprodução

Com chances remotas de classificação às oitavas de final da Copa Libertadores, o Atlético enfrenta o Nacional (URU) nesta terça-feira, às 21h30, no Mineirão – pela quinta rodada do Grupo E da competição. 

Com apenas três pontos conquistados, o Galo precisa da vitória para seguir sonhando com a próxima fase da Liberta. O time não pode sequer empatar, pois, assim, confirmará sua desclassificação do torneio continental. Se terminar a fase de grupos na terceira colocação, o Atlético entrará na disputa da Copa Sul-Americana, ainda esse ano.

Na escalação da equipe, o técnico interino Rodrigo Santana tem desfalques importantes para a partida: o meio-campista Cazares e os zagueiros titulares Réver e Igor Rabello estão vetados pelo departamento médico. Os substitutos serão Léo Silva, Iago Maidana e Maicon Bolt, respectivamente.

Vice-campeão do Mineiro e com campanha ruim na Libertadores, o time busca dar uma resposta ao torcedor. Para isso, o volante Zé Welisson espera apoio dos atleticanos no Gigante da Pampulha.

“A nossa torcida será fundamental nesta partida. Precisamos dela para sairmos da nossa casa com essa vitória, que será muito importante para o grupo. Lutaremos muito por ela também. O grupo vai brigar até o fim para colocar a equipe na próxima fase da Libertadores. É vencer ou vencer para continuar vivo nesta briga pela classificação em nosso grupo”, disse o jogador.

O Nacional também terá desfalque: o goleiro titular Esteban Conde, gripado, sequer viajou com a delegação e ficou no Uruguai. O substituto será Luis Mejía.

Atlético. Victor; Guga, Iago Maidana, Leonardo Silva e Fábio Santos; Zé Welison, Elias; Luan e Maicon Bolt, Chará e Ricardo Oliveira. Técnico: Rodrigo Santana. 

Nacional. Luis Mejía; Zunino, Rafael García, Marcos Angeleri, Viña, Azura, Gabriel Neves, Carballo, Santiago Rodriguez, Gonzalo Bergessio e Chory Castro. Técnico: Álvaro Gutiérrez.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia