JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de março de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Coutinho decepciona sem reação no Barcelona e já agita mercado

Jogador brasileiro não consegue mostrar bom futebol pelo clube catalão

22/02/2019 - 00:00:00. - Por Folhapress Última atualização: 22/02/2019 - 08:04:47.

Divulgação

Philippe Coutinho possui 8 gols e 5 assistências na temporada até agora

Pouco mais de um ano depois de forçar a saída do Liverpool rumo ao Barcelona, Philippe Coutinho ainda não encontrou a felicidade que imaginava desfrutar na Catalunha. Nesta semana, o brasileiro deixou o estádio do Lyon mais uma vez cabisbaixo, após jogo da Liga dos Campeões, sem atender a imprensa, em um comportamento que virou padrão da temporada. Sem demonstrar reação diante do mau momento, o meia já agita especulações para a janela de transferências do verão europeu.

O estado de ânimo de Coutinho tem gerado preocupação, tanto da comissão técnica quanto do grupo de jogadores do Barcelona. Amigos mais próximos do brasileiro no elenco, como o uruguaio Luis Suárez, tentam motivar o meia na missão de recuperação de seu auge técnico. Até mesmo Lionel Messi ofereceu um gesto de generosidade ao companheiro.

O astro argentino deu a bola para que Coutinho cobrasse o pênalti na vitória sobre o Sevilla por 5 a 1, quando o jogo ainda estava empatado sem gols. Nesta partida da Copa do Rei da Espanha, em 30 de janeiro, o brasileiro teve um de seus melhores momentos na temporada bastante elogiado pela mídia catalã. No entanto, em um compromisso posterior, foi mal no 0 a 0 com o Athletic Bilbao, pelo Campeonato Espanhol, e duramente criticado de novo.

A oscilação de performance tem sido a marca da temporada de Coutinho. O brasileiro começou a temporada como peça de meio-campo, mas logo foi sacado do time, pelo fato de o técnico Ernesto Valverde entender que esta formação deixava a equipe mais vulnerável defensivamente. A partir daí, o ex-jogador do Liverpool passou a duelar por uma vaga no ataque com Ousmane Dembélé. Por enquanto, a vantagem é do campeão mundial com a França. O francês tem conseguido participar mais de jogadas de gol, com seu estilo de profundidade, velocidade e facilidade de encarar adversários no mano a mano. Coutinho, por sua vez, não vem sendo tão efetivo, nem emplacando sua jogada de assinatura, quando sai da ponta para o centro em busca da finalização cruzada.

Recentemente Dembélé ficou afastado por uma lesão, em ocorrência que ofereceu a Coutinho a oportunidade de atuar em oito jogos seguidos. Apesar de boas performances, como na vitória sobre o Sevilla, o brasileiro não embalou. São 8 gols e 5 assistências na temporada até aqui.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia