JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 14 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Depois de Ronaldinho Gaúcho, Avaí entra no mercado das criptomoedas

O time catarinense de futebol Avaí lançou ontem sua própria criptomoeda, o Avaí FC Toke

13/09/2018 - 00:00:00. - Por Folhapress

O time catarinense de futebol Avaí lançou ontem sua própria criptomoeda, o Avaí FC Token. Em parceria com duas empresas britânicas, a SportyCo e a Blackbridge Sports, responsáveis por criar a infraestrutura para a operação, o clube pretende arrecadar de R$ 8 milhões a R$ 20 milhões na ICO (oferta inicial de moedas, na sigla em inglês).

A ICO serve para que investidores financiem o desenvolvimento de novas criptomoedas ou tokens. A do Avaí inicia no dia 3 de outubro e tem duração de um mês. É preciso atingir a meta para que o projeto vá para a frente.

Nesse período, interessados poderão comprar o Avaí FC Token por um dólar. A moeda americana foi escolhida para atrair investidores internacionais. Como esse mercado funciona por especulação, qualquer pessoa pode adquirir o ativo avaiano e, mais tarde, revender por outro preço na moeda local.

Depois dessa etapa, a expectativa do clube é de arrecadamento de R$ 32 milhões a R$ 80 milhões com o projeto. O objetivo principal do time é conseguir estabilidade financeira para se manter na série A.

O Bitcoin, precursor entre as criptomoedas, está numa fase de baixa. A moeda digital que chegou a valer R$ 32 mil no fim do ano passado, hoje oscila na faixa dos R$ 6 mil. O valor de todas as criptomoedas já chegou a acumular queda de 70% este ano.

Para o clube, isso não deve afetar a percepção do investidor, pois as iniciativas em torno de moedas digitais crescem mesmo com a oscilação de preço. (Folhapress)

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia