Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Dom Paulo Mendes Peixoto - 14/06/2014

Santssima Trindade

Compartilhar:

Terminado o “Ciclo da Páscoa” com a Festa de Pentecostes, a Igreja festeja a Santíssima Trindade, destacando a dimensão comunitária da fé. Procura mostrar Deus que se manifesta na Pessoa do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Isto amplia a realidade comunitária e familiar da vida, porque Deus se revela dentro de um contexto de família, de vida comunitária e de profunda unidade.

Para viver em comunidade, toda pessoa tem que se despir de determinadas situações, de preconceitos e de critérios concebidos subjetivamente. Além disto, é fundamental a capacidade individual em atitudes de misericórdia. É o que encontramos nas palavras da Sagrada Escritura: “Deus é compassivo e misericordioso, lento para a cólera, rico em bondade e fidelidade” (Ex 34, 6).

O mal nunca pode ser objeto de vingança, porque isto ultrapassa o sentido real de uma verdadeira comunidade cristã. O bem deve ser conquistado por caminhos honestos, para dizer que não podemos usar de injustiça para conquistar o bem. Diz o ditado que “só Deus pode realizar o bem por caminhos tortos”. João diz que “Deus é amor” (I Jo 4, 8), e ele só faz o bem sem vingança.

Deus não permite que Abraão sacrifique o filho Isaac, porque ninguém tem direito de tirar a vida do outro. Ela não nos pertence e todas as pessoas têm direito de viver, mas com responsabilidade. O assassinato é afronta ao próprio Criador e destruição da natureza na sua mais radical realidade.

O resultado do que realizamos na partilha, no contexto comunitário, tem como consequência a alegria. É o mesmo que acontece num jogo de futebol. O gol pode levar à vitória. Ficam alegres os jogadores e todos os torcedores. Ele é fruto do esforço de toda a equipe, de harmonia na partilha.

O egoísmo coloca em risco uma vitória. Um solitário não ama e nem contribui com o comunitário. Se Deus é comunidade de amor, como filhos e filhas as pessoas não podem ser individualistas, voltadas apenas para sucessos particulares, sem dimensão social e do bem comum.

(*) Arcebispo de Uberaba




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018