JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

Superando tristezas do passado

Não só nas novelas, mas principalmente na vida real

- Por Eliana Barbosa Última atualização: 23/05/2014 - 19:40:26.

Não só nas novelas, mas principalmente na vida real, nós nos deparamos com muitas pessoas que não perdoam o passado. Com isso, tornam-se destemperadas, irritáveis, magoam os outros e sofrem ao mesmo tempo. Podem ter boas famílias, mas não conseguem ser felizes com elas. E, assim, tanta gente vivendo de forma amarga, carregando traumas, mágoas e medos...

Se esse é o seu caso, veja, então, o que você pode fazer para superar as dores do passado:

• Em primeiro lugar, coloque o passado em seu devido lugar: no passado! E lá, no ontem, você não vai poder mudar o que aconteceu, mas pode, hoje, transformar a maneira de lidar com esses acontecimentos.

• Ao invés de se sentir vítima das feridas do passado, veja-as, agora, com a maturidade que você tem. Quando mais jovem, sua tendência foi de dramatizar os fatos, e isso acabou por torná-los mais marcantes. 

• Para facilitar essa visão madura do passado, use e abuse da compaixão, procurando se colocar no lugar daquelas pessoas responsáveis pelo seu sofrimento e exercitando o perdão.

• Perdoar vai libertá-lo do lixo emocional chamado “ressentimento” – ficar sentindo e ressentindo algo que já não é mais real – e o deixará pronto para sonhar e agir em busca de dias melhores. Entretanto, não perca seu tempo tentando colocar o passado no esquecimento,  porque você só conseguirá esquecer se sofrer algum problema cerebral que cause perda de memória.

• Você perdoa quando se desfaz da esperança de que o passado poderia ter sido diferente e segue o seu caminho buscando criar um presente feliz e, assim, um amanhã de prosperidade.

• Procure ver as tragédias que vivenciou como experiências valiosas, que o deixaram mais preparado para a vida. E quanto aos problemas do presente, veja-os como desafios que, superados, mudarão a sua existência!

• Cuidado: Ficar preso no ontem, com suas dores e culpas, pode levá-lo à depressão. Por outro lado, só pensar no futuro vai acabar gerando em você transtornos de ansiedade.

• Por isso, valorize o hoje como um verdadeiro presente de Deus. É hoje que você pode ser grato, equilibrado, sensato e dono de seu destino!

• E, em relação às pessoas que fazem parte do seu triste passado, liberte-as de seu coração, entendendo que você jamais será capaz de mudar a natureza delas. Então, de agora em diante, mude você – perdoe-se, perdoe aos outros e abra as portas para a felicidade!

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia