Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Eliana Barbosa - 11/10/2013

Errar no o fim

Compartilhar:

Um dos comportamentos que mais sabotam a felicidade é não aceitar sua própria humanidade e querer ser perfeito em tudo.  Sabe aquele medo de errar, de ser criticado ou de se sentir inferior diante do fracasso?

É... E por causa desse temor, quantas oportunidades você tem perdido – de amar, de trabalhar, de viajar ou de servir ao seu próximo?

Então veja por que errar não é o fim:

Acertar sempre é muito bom, entretanto errar faz parte do aprendizado da arte do bem viver. O que faz grande diferença é a forma como você reage aos seus erros. Se você se deprecia, você não cresce. Se você se arrepende e se perdoa, e procura se desculpar com quem foi prejudicado por sua causa, você aprende e encontra novos meios de consertar seus deslizes e de não errar mais.

Os erros, mais do que os acertos, são alavancas para seu amadurecimento e preparo para os naturais ganhos e perdas da vida. Por isso, combater o medo do fracasso garante a você uma existência mais intensa, desafiadora e produtiva.

Pior do que errar, é não fazer nada por medo de errar! Você já pensou que enquanto você hesita em uma atitude temendo erros e desapontamentos, outra pessoa pode estar errando e, com as consequências desse erro, tornando-se mais fortalecida do que você?

A satisfação decorrente dos acertos  é resultado da coragem em enfrentar o risco dos erros.  Porém, diante de uma dúvida séria, minha sugestão é que você abstenha-se  de agir naquele momento. Aguarde um tempo, avalie a situação com calma e clareza, aconselhe-se com pessoas mais experientes, para que suas escolhas sejam realmente sensatas. Erros causados por impulsividade são os mais difíceis de ser consertados.

E caso o fracasso aconteça, não blasfeme. Reconheça-o, agradeça por não ter sido pior, comprometa-se a não errar mais, aproveite o aprendizado e siga em frente, com humildade. Como disse Jesus, “Vá e não erre mais!”  E mesmo que pareça que você perdeu tudo com seus erros, você ainda tem a escolha de ficar com a lição.

Portanto, liberte-se dessa prisão chamada “medo do fracasso” ou “medo das críticas”. O grande pacifista indiano Mahatma Gandhi já dizia: “De nada adianta a liberdade se não temos liberdade de errar.”




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018