Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Dom Paulo Mendes Peixoto - 12/01/2013

Filho muito amado

Compartilhar:

Dentro ainda do contexto do Natal, a liturgia da Igreja celebra a Festa do Batismo do Senhor. O fato, conforme registra a Sagrada Escritura (Lc 3,21), aconteceu no Rio Jordão, quando João Batista, o grande profeta da transição, batiza muitas pessoas, entre elas o próprio Jesus Cristo, com o batismo de penitência.

No cenário do batismo de Jesus fica registrada uma voz que dizia: “Tu és o meu filho amado, em ti ponho o meu bem-querer” (Lc 3, 22). Isto significa que Jesus vivenciou todos os condicionamentos da pessoa humana num caminho de santidade e de compromisso com o começo de uma missão já anunciada por João Batista.

O batismo é um mergulho, que pode ser na água, mas no coração do mundo, porque ele provoca missão. Por aí deve começar uma nova humanidade, ou a construção de um mundo novo e de uma fraternidade sólida entre as pessoas. Assim podemos ser chamados também de filhos amados do Pai, e chamá-Lo de “Abbá”.

Toda pessoa batizada deve ter um coração aquecido, que arde com capacidade para despertar esperança na humanidade. Ser também agente de construção de um mundo de harmonia e fraternidade. Isto pode acontecer mesmo no meio de qualquer miséria, dor ou tentação. O importante é lutar por uma vida melhor e saudável.

Dificilmente descobrimos a grandeza e as exigências do compromisso batismal. No batismo recebemos a semente da fé, que deve ser cultivada no contexto dos relacionamentos e na construção de um novo mundo. É dever de todos, especialmente dos batizados, trabalharem na busca do bem e na preservação da natureza criada.

Pelo batismo tornamo-nos profetas, anunciadores do Reino de Deus; sacerdotes, para construir a santidade; e rei, no sentido de sermos administradores dos bens da vida. Antes de ser um peso sobre nós, o batismo é um dom, uma vocação à fé comprometida com o projeto de Jesus Cristo. É nele que ficamos habilitados para a missão de servir o povo, fazendo parte da grande família dos filhos de Deus.

 

(*) Arcebispo de Uberaba




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018