JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

Tempo de perdoar

Mais um Natal chegando e com essa data, maior sensibilidade

Por Eliana Barbosa. Última atualização: 21/12/2012 - 20:21:58.

Mais um Natal chegando e com essa data, maior sensibilidade para os corações humanos. Uns ficam felizes pela possibilidade de rever familiares e amigos, outros se sentem tristes porque perderam entes queridos ao longo do ano. Outras pessoas ficam constrangidas porque estão passando por conflitos no relacionamento com a família, e há também aquelas pessoas  que se sentem frustradas nessa época do ano por não terem recursos financeiros para todas as compras que gostariam de fazer.

Entretanto, o mais importante que é a simbologia do Natal – o aniversário do Mestre Jesus – a maioria se esquece de vivenciar e deixa de lado a mais bonita mensagem do Cristo: a do perdão.

Então, agora, reflita comigo sobre o perdão – essa preciosa chave capaz de libertar-nos das algemas das doenças e da miséria:

• Perdoar sempre será melhor para você do que para quem lhe feriu.

• Perdoar é se recusar a guardar lixo no coração.

• Perdoar é entender a humanidade da pessoa que lhe magoou - ela, assim como você, não é perfeita e errar faz parte do aprendizado de qualquer um.

• Perdoar não é aceitar o erro e nem se sentir obrigado a reconciliar.

• Perdoar é não julgar, é parar de querer que o outro seja quem ele ainda não consegue ser. 

• Perdoar é libertar seu coração para amar melhor, ser amado de verdade, ser saudável e prosperar.

• Perdoar é se prevenir e se curar de doenças capazes de lhe destruir.

• Perdoar não é um sentimento, é uma decisão que só depende de você.

• Perdoar é, enfim, se desfazer da vã ilusão de que tudo poderia ter acontecido de forma diferente. Desapegue-se desse passado de sofrimento e siga em frente, com o firme propósito de renovação, saúde e paz interior.

• Perdoar, mais que um ato de generosidade, é, enfim, um ato de inteligência e de amor-próprio, porque você sempre será o maior beneficiado.

• E não se esqueça de perdoar também a si mesmo, porque quando você se aceita e se perdoa, fica muito mais fácil aceitar e perdoar aos outros.

Neste Natal e sempre, pense nisso e seja muito feliz!  E, com o coração mais leve e amoroso, Boas Festas para você!




(*) Palestrante, apresentadora de TV e rádio e autora de livros motivacionais
 www.elianabarbosa.com.br
eliana@elianabarbosa.com.br

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia