Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Eliana Barbosa - 15/04/2011

Em defesa das mulheres

Compartilhar:

A novela Insensato Coração, de Gilberto Braga, que vai ao ar em horário nobre na principal emissora do país, a TV Globo, tem me feito refletir muito sobre a imagem da mulher nos meios de comunicação.

Causa-me incômodo observar uma novela repleta de mulheres “fáceis”, desesperadas pelos seus homens; mulheres casadas traindo seus maridos escancaradamente; mulheres interesseiras e outras vulgares; mulheres inseguras, que aceitam ser maltratadas por seus companheiros; além das ingênuas, que acreditam em cafajestes que fazem questão de depois as chamarem de “vagabundas”. E culminamos com a personagem Bibi, interpretada pela atriz Maria Clara Gueiros. Ela me parece uma ninfomaníaca que deveria ter sua doença tratada com seriedade, e não como uma brincadeira. Entendo que a personagem faz parte do núcleo de humor da novela, mas a questão é: o sexo pelo sexo, o sexo sem preservativo e o sexo com desconhecidos podem trazer consequências sérias, como gravidez indesejada e DSTs. Será que a novela vai mostrar isso? Porque não me lembro de nenhuma cena sequer em que a personagem fale sobre preservativo.

E isso tudo justamente no melhor horário em que as famílias podem se reunir para relaxar, conversar e assistir televisão. 

O que mais me deixa triste é que a novela retrata uma realidade – o mundo está cheio de mulheres com a autoestima em frangalhos, de todas as idades, lotando baladas e bares, em busca de companhia a qualquer custo, e isso é muito lamentável. Entretanto, voltando à novela, todos esses exemplos podem deixar informações erradas no subconsciente feminino, principalmente das mais jovens. A meu ver a televisão precisa ter uma função mais educativa e tranquilizadora. Se na vida real algumas mulheres não sabem medir o seu verdadeiro valor, seria muito bom se elas pudessem ao menos se inspirar em mulheres fortes e determinadas na novela, em que estas personagens as ensinassem sobre relacionamentos e superação. Aí sim a televisão estaria exercendo o seu papel social.

Com a novela Insensato Coração, minha maior preocupação é em relação à mente das crianças e jovens que assistem à trama, pois o desrespeito à mulher e à família é algo corriqueiro nos capítulos diários e acaba por fortalecer essa inversão de valores que, infelizmente, estamos vivendo, na atualidade. 

Espero que, ao longo da novela, o autor promova mudanças em algumas personagens femininas, tal como está fazendo com Carol (Camila Pitanga), que, depois de tanta insegurança, começou a fortalecer sua autoestima e está se mostrando emocionalmente independente de André (Lázaro Ramos), o pai de seu filho.

Quero ver essas mulheres tomando posse da sua coragem, da sua força, da sua garra.

Afinal, ninguém valoriza quem não se valoriza!

 

(*)Palestrante, apresentadora de TV e rádio e autora de livros motivacionais
 
www.elianabarbosa.com.br




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018