JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 14 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

Dom Benedicto de Ulhoa Vieira

Dom Benedito está completando, hoje, 90 anos.

- Por Terezinha Hueb de Menezes Última atualização: 09/10/2010 - 22:32:24.

Dom Benedito está completando, hoje, 90 anos.

Ordenado sacerdote em 8 de dezembro de 1948, pelo Cardeal Dom Carlos Carmelo de Vasconcellos Motta, de lá para cá tem sido um batalhador pelas causas de nossa Igreja, pelas causas que envolvem os ensinamentos de Cristo.

Teve uma trajetória repleta de admiráveis iniciativas: Doutor em Teologia, professor, vice-reitor e capelão da PUC (SP), pároco dos universitários e Reitor do Seminário Central do Ipiranga. Sagrado Bispo por Dom Paulo Evaristo Arns, de quem é dileto amigo, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, em setembro de 1978, Dom Benedito tomou posse como Arcebispo Metropolitano de Uberaba, permanecendo neste ministério até 1996, com zeloso trabalho de pastor. Foi ainda Vice-Presidente da CNBB de 1983 a 1987.(Impossível abordar, neste espaço, toda sua admirável trajetória.)

Falar de Dom Benedito é falar de uma vida de santidade. É falar de uma existência envolvida em grandioso mister cultural. É falar de uma vida devotada aos fiéis, à família, aos amigos. É falar do literato cuja presença tanto enriquece a Academia de Letras do Triângulo Mineiro. São muitos livros publicados. São muitas homilias de agradável lembrança. Falar de Dom Benedito é falar do pai sempre presente na vida de seus amigos, principalmente nos momentos de dor, quando o mundo parece ruir: sua mansidão, mas segurança nas palavras emitidas, tem o mágico poder de aliviar corações e apontar caminhos, sempre em direção à palavra do Evangelho.

Nós, querido Dom Benedito, da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, só podemos agradecer a Deus por sua vida no meio de nós; por termos o privilégio de ouvir suas sábias palavras em nossas costumeiras reuniões, às quais o senhor não falta; de escutar, com encantamento, seus ensinamentos sobre o Pe. Antônio Vieira, enriquecendo aqueles que o ouvem; de receber seu apoio sempre que nossa entidade dele necessite.

E eu, particularmente, que acompanhei os passos do Murilo, seu grande admirador, na concessão do título de cidadania uberabense ao senhor, e acompanhei tanto o seu discurso quanto o dele, parecendo combinados na temática em favor dos mais necessitados (lembra-se da utopia, abordada por ambos?), sinto-me feliz em poder parabenizá-lo em data tão especial para todos nós.

Que Maria Santíssima, em sua intercessora bondade, proporcione ao senhor muita saúde, imensas alegrias, para contentamento de todos nós que tanto lhe queremos bem.

A sua bênção,  Dom Benedito!

NOTA: No dia 15, às 19 horas, será celebrada missa/homenagem a Dom Benedito, no Santuário da Medalha Milagrosa. Muito o alegrará, com certeza, a presença de seus amigos e admiradores.

 

(*) educadora do Colégio Nossa Senhora das Graças e membro da Academia de Letras do Triângulo Mineiro
thuebmenezes@hotmail.com

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia