Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Eliana Barbosa - 13/08/2010

Com f tudo possvel

Compartilhar:

Em tempos não tão fáceis, nada melhor do que a força da religiosidade em nossas vidas. Não importa a religião, e sim confiar em um Poder Superior, que a tudo acompanha e provê nas necessidades. Cada um pode acreditar no que quiser, desde que sinta que tem uma proteção que nunca falha e que fomos criados para sermos felizes e bem-sucedidos em nossas vidas.

Creia sempre no melhor, numa pronta solução para as suas dificuldades, porque pensar com otimismo abre as portas das oportunidades e facilita o Apoio Maior. Tenho certeza que você, ao longo da sua vida, tem no mínimo uma história para contar da Presença Divina em seus caminhos. Aprenda a reconhecer essa Força e a agradecer mais por ela.

Você já ouviu falar que quando sabemos o que queremos e pedimos em nossas orações, o Universo conspira a nosso favor? Então, aprenda a sonhar, acreditando que os seus objetivos podem ser alcançados, e tenha a certeza de que quanto mais o seu sonho for benéfico aos outros, além de você, mais possível ele será de ser realizado.

Ilustro este tema com uma comovente história, de autor desconhecido, que mostra o poder da fé em nossas vidas: “Uma pobre senhora, com visível ar de tristeza estampado no rosto, entrou em um armazém, aproximou-se do proprietário, conhecido pelo seu jeito grosseiro, e lhe pediu fiados alguns mantimentos. Ela explicou que o seu marido estava muito doente e não podia trabalhar e que tinha sete filhos para alimentar. O dono do armazém zombou dela e pediu que se retirasse do seu estabelecimento. Pensando na necessidade da sua família, ela implorou: ‘Por favor, senhor, eu lhe darei o dinheiro assim que eu tiver...’, ao que ele lhe respondeu que ela não tinha crédito e nem conta em sua loja. Em pé, no balcão ao lado, um freguês que assistia à conversa entre os dois se aproximou do dono do armazém e lhe disse que ele deveria dar o que aquela mulher necessitava para a sua família, por sua conta. Então, o comerciante falou, meio relutante, para a pobre mulher: ‘Você tem uma lista de mantimentos?’ Ela respondeu que sim. Então ele lhe disse: ‘Muito bem, coloque a sua lista na balança e o quanto ela pesar eu lhe darei em mantimentos.’ A mulher hesitou por uns instantes e, com a cabeça curvada, retirou da bolsa um pedaço de papel, escreveu alguma coisa e o depositou suavemente na balança. Os três ficaram admirados quando o prato da balança, com o papel, desceu e permaneceu embaixo. Completamente pasmado com o marcador da balança, o comerciante virou-se para o seu freguês e comentou contrariado: ‘Eu não posso acreditar!’ O freguês sorriu e o homem começou a colocar os mantimentos no outro prato da balança. Como a escala da balança não equilibrava, ele continuou colocando mais e mais mantimentos até não caber mais nada. Ele ficou parado ali, tentando entender o que havia acontecido. Finalmente, ele pegou o papel que estava na balança e ficou espantado, pois não era uma lista de compras, e sim uma oração que dizia: ‘Meu Deus, o Senhor conhece as minhas necessidades e eu estou deixando isto em suas mãos...’ O homem deu as mercadorias para a humilde mulher no mais completo silêncio, ela agradeceu e saiu. O freguês pagou a conta e disse: ‘Valeu cada centavo...’ Só mais tarde, o comerciante pôde reparar que a balança havia quebrado, entretanto só Deus sabe o quanto pesa uma prece...”

 

(*) palestrante; apresentadora de TV e rádio e autora de livros motivacionais
 
www.elianabarbosa.com.br




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018