Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Eliana Barbosa - 23/07/2010

A grande mudana

Compartilhar:

Pensar em mudança chega a ser assustador para algumas pessoas, mas mudar é uma necessidade humana que todos nós já deveríamos estar preparados para enfrentá-la. Neste conto, de autor desconhecido, você vai entender que a verdadeira mudança não precisa ser grandiosa, e sim algo que realmente surta efeito, que faça a diferença. Guarde bem esta lição e aplique-a em sua vida pessoal e profissional: “Duas pulgas conversavam: ‘Sabe qual é o nosso problema? Nós não voamos, só sabemos saltar. Nossa chance de sobrevivência quando somos percebidas pelo cachorro é zero. É por isso que existem muito mais moscas do que pulgas.’  Elas, então, contrataram uma mosca como consultora, entraram num programa de reengenharia de voo e saíram voando. Depois de um tempo, a primeira pulga falou para a outra:  ‘Quer saber? Voar não é o suficiente, porque ficamos grudadas ao corpo do cachorro e nosso tempo de reação é bem menor do que a velocidade da coçada dele.  Temos de aprender a fazer como as abelhas, que sugam o néctar e levantam voo rapidamente.’   Elas,  então,  contrataram o serviço de consultoria de uma abelha, que lhes ensinou a técnica do chega-suga-voa. Funcionou, mas não resolveu.  A primeira pulga explicou: ‘Nossa bolsa para armazenar sangue é pequena, por isso temos de ficar muito tempo sugando. Escapar, a gente até escapa, mas não estamos nos alimentando direito. Temos de aprender como os pernilongos fazem para se alimentar com aquela rapidez.’  E então um pernilongo lhes prestou uma consultoria para incrementar o tamanho do abdômen. Resolvido, mas por poucos minutos. Como tinham ficado maiores, a aproximação delas era facilmente percebida pelo cachorro, e elas eram espantadas antes mesmo de pousar. Foi aí que encontraram uma saltitante pulguinha, que lhes perguntou:  ‘Ué, vocês estão enormes! Fizeram plástica?’ ‘Não, reengenharia! Agora somos pulgas adaptadas aos desafios do século XXI. Voamos, picamos e podemos armazenar mais  alimento.’-  respondeu a pulgona mais atrevida.   ‘E por que é que estão com cara de famintas?’ – perguntou a pulguinha curiosa. ‘Isso é temporário. Já estamos fazendo consultoria com um morcego, que vai nos ensinar a técnica do radar. E você?’- perguntou a pulgona.  ‘Ah, eu vou bem, obrigada. Forte e sadia!’  Mas as pulgonas não quiseram dar a pata a torcer, e perguntaram à pulguinha: ‘Mas você não está preocupada com o futuro? Não pensou em uma reengenharia?’ ‘Quem disse que não? Contratei uma lesma como consultora!’ ‘Mas o que as lesmas têm a ver com pulgas?’ - quiseram saber as pulgonas.  ‘Tudo! Eu tinha o mesmo problema que vocês duas. Mas, em vez de dizer para a lesma o que eu queria, deixei que ela avaliasse a situação e me sugerisse a melhor solução. E ela passou três dias ali, quietinha, só observando o cachorro e então ela me disse: Não mude nada. Apenas sente-se na nuca do cachorro. É o único lugar que a pata dele não alcança.’ – disse a pulguinha, cheia de confiança. MORAL DA HISTÓRIA: Você não precisa de uma reengenharia radical para ser mais eficiente. Muitas vezes, a GRANDE MUDANÇA é uma simples questão de reposicionamento.”

Pense nisso com carinho!

 

(*) palestrante; apresentadora de TV e rádio e  autora de livros motivacionais
 
www.elianabarbosa.com.br




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018