JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 21 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

O poder da mulher moderna

Há quem pense que o poder se encontra na força ou na autoridade, mas, a meu ver, o verdadeiro poder de uma pessoa

- Por Eliana Barbosa Última atualização: 02/07/2010 - 20:31:00.

Há quem pense que o poder se encontra na força ou na autoridade,  mas, a meu ver, o verdadeiro poder de uma pessoa se expressa nos resultados que ela alcança ao longo da sua vida, tanto pessoal quanto profissional. Assim é também o poder da mulher moderna, uma mulher que reconhece o seu valor, que sabe conquistar o seu espaço, mas que não perde, em tempo algum,  o seu encanto e feminilidade. Na verdade, as mulheres sempre tiveram um poder oculto em suas mãos, mas por serem reprimidas pelos homens, nunca puderam usar e, somente há poucas décadas, é que estão descobrindo esse potencial e estão desfrutando dessas habilidades que podem transformar rapidamente nosso mundo para muito melhor.

O grande diferencial feminino que faz com que hoje as mulheres estejam ocupando ostensivamente o mercado de trabalho e assustando tanto os homens é a sua inteligência emocional - que lhes é intrínseca e inata -,  mas que nos homens pode e deve ser trabalhada, até para que se facilitem não só os relacionamentos profissionais, mas também os amorosos e familiares.

É a inteligência emocional desenvolvida da mulher que lhe dá esse poder supremo de se relacionar tão bem com todo mundo, de se adaptar com facilidade, de persistir um pouco mais, de ser amável no modo de falar, de controlar seu temperamento e de saber lidar com os seus sentimentos e falar deles – algo que os homens ainda sentem bastante dificuldade em fazer. A mulher moderna é mais atuante porque com a necessidade de se manter e, muitas vezes, manter a família, viu-se obrigada a trabalhar mais também com o hemisfério cerebral da razão, preocupando-se com contas a pagar, com compromissos de trabalho, com assuntos que antigamente eram exclusividade masculina, o que a deixou mais “completa” (emoção + razão), mais rápida, mais objetiva, mais poderosa.

Hoje, as mulheres têm muito mais espaço para manifestar seus talentos, suas vontades e seus sonhos, e inteligentes são os homens que as incentivam e caminham lado a lado com essas mulheres valentes e poderosas, porque juntos formarão parcerias fantásticas, capazes de transformar este mundo em um lugar muito mais justo e amoroso para se viver. 

Por isso, fica aqui um convite: Homens, unam-se e aprimorem sua inteligência emocional para equilibrar razão e emoção, lembrando-se do que disse a terapeuta norte-americana Louise L. Hay: “Dar poder às mulheres é a melhor coisa que podemos fazer para o Planeta. Quando as mulheres são reprimidas, todos perdem. Quando as mulheres vencem, todos ganham.”

 

(*) palestrante; apresentadora de TV e rádio e autora de livros motivacionais
www.elianabarbosa.com.br

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia