JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de março de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Oportunistas Políticos

Na verdade, nós nos cansamos de falsas promessas, de não ver retorno nas promessas feitas...

14/02/2019 - 00:00:00. - Por Marco Antônio de Figueiredo

Na verdade, nós nos cansamos de falsas promessas, de não ver retorno nas promessas feitas... Nós nos cansamos de tudo, podendo afirmar, sem medo de errar, que, de forma geral, nosso cansaço se deve aos oportunistas políticos e, consequentemente, que a classe política não vive uma imagem muito favorável perante a população em geral.

“Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política. Simplesmente, serão governados por aqueles que gostam”, afirmou Platão. Mas Platão viveu em outra época, pois naquela época não era algo que englobava a todos na sociedade, ao contrário, excluía-se, enquanto hoje, principalmente no Brasil, é possível contradizer que não há nada errado com aqueles que não gostam de política, face à impregnação da corrupção, à manipulação feita pela mídia interesseira, pelo discurso daqueles que escondem seus verdadeiros objetivos e pelos oportunistas de plantão.

Nem mesmo esfriaram as brigas políticas da eleição de 2018 e já ferve o caldeirão visando as eleições de 2020.

Assim, todo ano é a mesma coisa. O voto se torna a mercadoria da vez; surge todo tipo de pré-candidatos, os famosos oportunistas políticos, propondo qualquer coisa que agrade aos menos cultos, visando negociatas em troca de cargos para si ou para apadrinhados.

Por outro lado, também é o momento em que surgem muitas pessoas de bem, que, por motivo óbvio, não querem ver seus nomes incluídos nesse lamaçal fétido, inundado de oportunistas e ratos do esgoto político.

Não precisa muito esforço para vermos que os “políticos” que ora surgem do submundo em busca de “oportunidades” e do nosso voto, na sua grande maioria, não têm cara de gente decente.

Muitos procuram parecer ser decentes, mas nem com muito esforço conseguem.

Se fizermos uma retrospectiva pelos caminhos por eles vividos, ou mesmo pelas companhias e parcerias feitas com eles, conclui-se que não passam de oportunistas “da vez”, simplesmente aproveitam o momento para querer algo de nós e se dar bem junto ao “tesouro” público.

Falta pouco mais de um ano para elegermos aqueles que vão administrar nossa querida Uberaba por quatro anos, assim não podemos esquecer o que nos ensina a sabedoria popular ao afirmar que “prometer não é cumprir, mas aos tolos enganar”, pois estamos cansados de promessas não cumpridas, no todo ou em parte.

Aos oportunistas de plantão, que estão de olho nas eleições de 2020, saibam que o povo dá sinais evidentes de que já está farto de ser feito de tolo, levado de barriga com promessas fantasiosas e mirabolantes de que tornarão Uberaba no principal centro educacional cultural, econômico, financeiro, industrial e político do Brasil.

Vamos renovar por completo os nossos representantes políticos aqui, em Uberaba. Vamos extirpar de vez nossos oportunistas políticos. 

(*) Articulista e advogado

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia