JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 12 de novembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

Voto no Bolsonaro e não sou fascista!

Caro amigo leitor, ainda estou vivo, continuo respirando e tomando banho sozinho

17/10/2018 - 19:09:31. - Por Leuces Teixeira Última atualização: 17/10/2018 - 19:09:49.

Caro amigo leitor, ainda estou vivo, continuo respirando e tomando banho sozinho; não tem sido nada fácil. Ainda mais em tempos de eleições. Confesso surpresa com o desempenho de Romeu Zema, aqui em Minas Gerais, principalmente no Triângulo Mineiro. Mais surpreso ainda quando vejo Paulo Piau dizendo que não saiu enfraquecido do pleito e que está tudo normal; nosso comandante municipal deve estar com febre, ou, pior ainda, com maleita, daquelas bravas, que derrubam o peão – digo nosso comandante porque votei nesse governo que administra a urbe; ainda não estou arrependido.

Pois bem, votei no Bolsonaro e vou continuar. E, mais ainda, vesti camiseta e pedi votos, inclusive, gravando vídeos que circularam nas redes sociais. Não me arrependo de nada. Vou gravar novos vídeos, vestir camiseta e pedir votos, da mesma maneira, em favor de Anastasia e Marcos Montes. Confesso, novamente, que tenho um grave defeito: revelo o meu voto, de cabeça erguida. Sempre fui assim e quem me conhece sabe da minha sinceridade. Ah, tem mais, revelo meu voto antes da votação, para não dizer, depois, que votei naquele que venceu. Vou continuar o mesmo, revelando meu voto!

Não aguento mais ver essa camarilha travestida de esquerda revolucionária, que faz tudo de bom, apregoa a paz, o bem-estar, a igualdade social, etc e etc. Um bando de analfabeto que não estudou e, pior ainda, não quer estudar, não quer enxergar a realidade. Novamente, confesso, novamente, fui estudar e entender a história, ler bons livros, de pessoas conhecedoras e sabedoras do que estava falando, e fui ver que estava totalmente equivocado, estava vivendo nas trevas, na escuridão total. Perceba, amigo leitor, que fui eleitor do Lula, defendia os PeTralha$$$, acreditei naquelas mentiras. Veja onde o Lula está! Os grandes nomes do partido, a imensa maioria respondendo processo criminal, alguns presos, outros em breve irão para Curitiba ou o presídio da Papuda, em Brasília.

Daí, sou chamado de fascista por não mais acreditar nessa gentalha $afada e corruPTa. Tem mais, quem não lê a cartilha deles é traidor, golpista, inimigo da pátria e do povo. Quem está como vice de Fernando Haddad? Uma candidata comunista! O que essa gentalha comunista fez ao longo da história? Fidel Castro, em Cuba; Josef Stalin, ditador na antiga URSS; Mao Tsé-Tung, ditador na China; Kim Jong-un, ditador na Coreia do Norte; Nicolás Maduro, ditador na Venezuela; Teodoro Obiang, presidente da Guiné Equatorial por 39 anos; José Eduardo dos Santos, ditador de Angola; Robert Mugabe, ditador no Zimbábue; Denis Nguesso, ditador do Congo; Ali Bongo, ditador do Gabão. Todos eles ditadores sanguinários e homicidas; os últimos citados, todos amigos dos PeTralhas, principalmente do meliante  mor – o molusco sem dedo, recolhido numa delegacia –; os primeiros, comunistas e até hoje defendidos pela vice de Fernando Haddad – Manuela D’Ávila. Dito isso, o fascista sou eu, depois de muito estudo sobre a “verdadeira” história contada por professores cabeludos, barbudos, comunistas, malcheirosos, fumantes de maconha e a prática de outros ilícitos, impublicáveis neste espaço.

Sou culpado pela não eleição de Dilma? Daí sou fascista! Ou será golpe? Golpe das urnas? Só faltava essa, a anta chegou em quarto lugar, belo golpe! Tchau, querida! Sérgio Moro te espera, ansiosamente!!! 

Vade retro, Satanás!!! Vamos combater o bom combate!!!

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia