Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Olga Maria Frange de Oliveira - 09/02/2018

A desmoralizao de um Pas

Compartilhar:

          Ao acordar, o cheiro do café me reconforta e ajuda a começar bem o dia. Aspiro fundo esse aroma inigualável da manhã do brasileiro. A seguir, passo cuidadosamente manteiga no pão ainda morno, saboreio uma fatia de queijo fresco e... sinto-me pronta para a sagrada leitura dos jornais do dia. As manchetes são desanimadoras!

          Confesso que ando há dias sem inspiração para minhas crônicas. Eu e todo o povo brasileiro estamos vivendo sob uma pressão que suga nossas energias.

          A cada etapa da luta para nos livrarmos da quadrilha que dilapidou o país, liderada por esse patético líder que interpreta o papel de “intocável”, um santo perseguido pelos incautos, tudo volta à estaca zero.

          Deus de misericórdia, o Brasil não merece conviver com Lula e seus asseclas zombando da Justiça, insuflando o povo para ações torpes, ignorando as sentenças contra ele proferidas, assistindo “de camarote” e com grande séquito suas vilanias virem a público, sem demonstrar uma ruga de preocupação.

          A cada novo julgamento, mesmo quando assistimos por horas a fio, a citação de provas irrefutáveis dos crimes imputados a esse senhor, numa demonstração cabal de que o douto desembargador estudou a fundo cada linha do processo para dar seu juízo final, sentimos que a lei é, para os corruptos, um mero ornamento. Numa “goleada” de 3x0, que lavou a alma dos cidadãos de bem dessa pátria amada, não pudemos comemorar a vitória do bem contra o mal. Todas as emissoras de rádio, televisão e mídia impressa desfilavam um pelotão de grandes juristas, renomados cientistas políticos, especialistas na Constituição e... era uma verdadeira aula de como o réu poderia driblar a sentença proferida em 2ª instância, através de novos recursos, pedidos de anulação de sentença, habeas corpus e por aí afora. Tudo para “aliviar” as penas de pessoas desqualificadas para assumir qualquer cargo, por menor que fosse.

          Segundo todos eles, a condenação de Lula em 2ª instância torna muito provável, quase certo, que o ex-presidente esteja inelegível antes das eleições de outubro. Como assim? Muito provável?? Quase certo??? Sem falar que a solução definitiva vai ser entregue ao STF, cuja credibilidade está em queda livre. De uma instituição onde assistimos perplexos um ministro, sozinho, manipular a pauta pública ao seu bel-prazer, achincalhar colegas de bancada, usar subterfúgios, semear controvérsias e apunhalar a democracia no que ela tem de mais sagrado, o que podemos esperar?

          O Brasil está desmoralizado perante o mundo. Políticos corruptos pleiteiam reeleição. O partido que deveria ter sido extinto pelos atos execráveis que vêm há anos cometendo contra o povo brasileiro, continua com suas bravatas. Tudo permanece como era dantes no quartel de Abrantes.

          Sinto-me exaurida, sem ânimo para traçar planos para minha vida. O tempo urge! Até abril teremos que esperar pelas definições de filiação partidária, ou seja, os camaleões estão em efervescência. Depois disso, teremos que esperar agosto para a definição das chapas que concorrerão ao próximo pleito. A lista de candidatos é extensa e inclui dois fichas-sujas: Collor e Lula.

          Plagiando a poetisa Roza Moncayo, à noite “desolada, descanso a caneta, amasso papéis, fecho as cortinas e... durmo”.
 




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018