Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Dom Paulo Mendes Peixoto - 20/01/2018

Mudar preciso

Compartilhar:

Na Igreja dizemos a palavra “conversão”, mudança de vida, ao receber uma boa notícia. Essa foi sempre a proposta de João Batista na preparação para a chegada de Jesus Cristo. João dizia: “Convertei-vos, pois o Reino dos Céus está próximo” (Mt 3,2). É referência a um passado e a um presente, a iminência de uma realidade nova, que exige também posturas renovadas de vida.

Determinadas mudanças necessitam de uma total varredura das peças ofensivas e prejudiciais. É o caso do Brasil, comandado por pessoas envolvidas com crime e marginalização. Portanto, peças não gratas, que orquestram maquinações de corrupção contra o povo e se estruturam para continuar no poder. Por isso, a população está no fundo do poço, neutralizada e sem força para agir.

Desde suas origens, o Brasil vem sendo roubado e assaltado pelas oligarquias do ter e do poder. Como dar um basta nisso sem o convencimento da força que o povo tem nas mãos. Sentimos que a população brasileira está neutralizada e sem estímulo para a organização, sem força de ir para as ruas e às urnas. Mais do que nunca, alguma coisa realmente séria tem que ser mudada no país.

Nínive era uma cidade infiel, mas convocada pelas palavras do profeta Jonas a um processo de conversão, e quem aceitasse seria salvo. A mudança foi total, atingindo, inclusive, o rei do Império dos gentios (Jo 3,6). A voz de Jonas precisa ser ouvida no Brasil, a começar por quem é privilegiado pela prática da corrupção, da desonestidade e gerador de pobreza e violência no país.

O termo conversão era frequente nas palavras de Jesus e tinha sentido de mudança de atitudes. Além de ser uma realidade pessoal, o era também na libertação social. Jesus não se conformava com a exploração feita aos pobres. Não deu principal atenção para os ricos e poderosos, porque seu deus é o dinheiro. Chegou a dizer: “Pois onde estiver o teu tesouro, aí estará o teu coração” (Mt 6,21).

O interessante é que a vida na terra é provisória e passa com tanta rapidez. Caminhamos para realidade definitiva, fora do tempo, que supõe sincronia com o provisório. Jesus confirma isso dizendo que Ele não quer a morte do pecador, e sim que ele se converta e viva. É impossível praticar a fé, a esperança e a caridade sem passar pelo caminho da mudança. 

(*) Arcebispo de Uberaba




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018