Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Dom Paulo Mendes Peixoto - 21/10/2017

Histria da humanidade

Compartilhar:

O tema parece bastante abrangente, mas pode ser visto de diversos ângulos e interpretado na ótica de quem o faz. Se for numa visão de fé, dizemos que tudo está nas mãos de Deus e ganha um significado de caminho de salvação do ser humano. Tudo que existe na história foi criado em função da pessoa humana, que também foi criada, mas à imagem e semelhança de seu Criador.

Se Deus é o autor e o criador do tempo e da história, e quer a salvação da humanidade, Ele pode realizar sua vontade até mesmo através de caminhos tortuosos. No campo da moral cristã, o ser humano não pode usar do mal para conquistar o bem. Pior ainda quando explora o bem público, que deveria estar a serviço da coletividade, direcionando-o para práticas egoístas e injustas.

A história da humanidade tem percorrido caminhos que vão à contramão dos indicativos de Deus. Isso acontece tanto no campo político como no religioso. Não é respeitado o princípio jurídico bíblico do “dar a Cézar o que é de Cézar e a Deus o que é de Deus” (Mt 22,21). Nem se sabe se é justo o alto valor cobrado nos impostos exigidos pelas autoridades brasileiras, e nem para onde vai!

No campo religioso, o tipo de prosperidade proclamada fere o sentido da vida cristã. Cai na mesma atitude dos políticos corruptos, porque os objetivos não são coletivos, facilitando a prática da corrupção e do enriquecimento ilícito. O pior é que isso é feito em nome de Deus, atuação que não passa de uma perfeita idolatria. Deus é instrumentalizado em benefício de atos escusos e desonestos.

Existe um projeto divino, que ninguém é capaz de impedir, como instância última de toda a história da humanidade. Mesmo no meio de situações incongruentes, o plano infinito de Deus não vai deixar de ser realizado. É uma promessa profética, que não falha e está acima de qualquer sentimento subjetivamente pessoal. É a humanidade deixando de ser histórica para ter a plenitude em Deus.

Na vida prática, a fé é um modo de a pessoa viver, podendo contribuir com a ação libertadora de Deus. O plano universal não depende de nossa fé, mas conta com a colaboração de todos até chegar à eternidade. É um caminho de liberdade pessoal, e quem usa bem desse instrumento lucra benesses em sua trajetória histórica. Fazer o bem oportuniza também receber o bem. 

(*) Arcebispo de Uberaba




San Marco - 16maio
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018