Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Mrcia Moreno Campos - 11/06/2017

Quem fala por mim

Compartilhar:

O ser humano é um julgador nato. A despeito de inúmeros conselhos e advertências continuamos emitindo nossos vereditos a favor ou contra pessoas e situações, em todas as circunstâncias. Meu pai dizia que quando três ou mais pessoas falassem mal de alguém era para ficarmos atentos porque a chance de ser verdade era grande. O fato é que nenhum de nós atravessa a vida sem ser julgado e avaliado por nossos atos, nossa história, nossas crenças e modo de viver. Por isso temos que cuidar muito daqueles que nos representam e falam por nós. Nossas escolhas nos precedem, quer sejam no campo pessoal ou profissional.

Os mandatários do país, nos níveis federal, estadual e municipal, logo que eleitos começam a montar seu “staff”, ou seja, as caras visíveis de seu governo em cada setor. Essas importantes escolhas deveriam ser tomadas baseadas em princípios básicos como honestidade, ética, competência, conhecimento especializado da área de atuação e cordialidade no trato com o público. Afinal, os representantes são os espelhos de quem os nomeou. Infelizmente, a realidade não confirma esses pressupostos e as nomeações são antes de tudo, calcadas em indicações políticas, agradecimentos por apoios e busca de votos para aprovação de leis no Legislativo. Montam-se esquemas e coligações para facilitar favorecimentos ilícitos e ocultos, preenchendo-se espaços e cargos importantes com pessoas comprometidas não com o bem público, mas sim, com causas individuais. E o povo que de bobo não tem nada, julga. E seu veredito recai, via de regra, sobre o chefe.

É por isso que me pergunto se um mandato vale um nome. Como é bom e impagável poder deitar e dormir com o nome limpo, mesmo quando submetido aos mais severos julgamentos. Não se deve escolher sem critérios quem fala por nós. O preço que se paga é muito alto. São através de nossas escolhas que nos revelamos aos olhos dos outros. Já está ficando para trás o tempo da manjada desculpa “eu não sabia de nada”. Coerência é um valor insubstituível na política e na vida de cada um de nós.




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Os vereadores aprovaram em segundo turno, por 13 votos a um, o aumento do nmero de cadeiras para a prxima legislao, em 2021. Voc concorda com a proposta?




JM FORUM
Empresas do transporte coletivo solicitam aumento de cerca de 10% no valor da passagem, que pode chegar a R$ 4,17 em 2018. Na sua opinio, o que poderia justificar este aumento?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017