JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 13 de novembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

Chega de TANTO abuso!

Infelizmente, o ser humano atualmente vive um retrocesso quanto ao respeito ao seu próximo...

- Por Cláudia Feres Última atualização: 26/08/2016 - 10:11:05.

Infelizmente, o ser humano atualmente vive um retrocesso quanto ao respeito ao seu próximo. Fornecedores transferem a responsabilidade de cobrar o inadimplemento de consumidores para empresas especializadas em cobrança que, por vezes, o faz de forma agressiva, indigna e desrespeitosa. Reitero a obrigação do consumidor de cumprir com suas dívidas, mas, também, a importância do credor em saber cobrá-las. O consumidor é massacrado pela intolerância e petulância de alguns ‘cobradores’ que se utilizam de palavras que denigrem e diminuem o ser humano. Nesses casos, o consumidor tem uma vulnerabilidade psicológica (além das demais), o que faz com que o fornecedor não possa ultrapassar os limites previstos em lei ao realizar cobranças. O Judiciário é o órgão por meio do qual se resolvem os conflitos dessa natureza. A prática de cobrar o consumidor pela sua dívida, constrangendo-o, diminuindo-o, é abusiva e, portanto, inadmissível.

Cláudia Feres
Professora Universitária
Chefe de Departamento do Contencioso da Fundação Procon Uberaba

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia