Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Cludia Feres - 26/08/2016

Chega de TANTO abuso!

Compartilhar:

Infelizmente, o ser humano atualmente vive um retrocesso quanto ao respeito ao seu próximo. Fornecedores transferem a responsabilidade de cobrar o inadimplemento de consumidores para empresas especializadas em cobrança que, por vezes, o faz de forma agressiva, indigna e desrespeitosa. Reitero a obrigação do consumidor de cumprir com suas dívidas, mas, também, a importância do credor em saber cobrá-las. O consumidor é massacrado pela intolerância e petulância de alguns ‘cobradores’ que se utilizam de palavras que denigrem e diminuem o ser humano. Nesses casos, o consumidor tem uma vulnerabilidade psicológica (além das demais), o que faz com que o fornecedor não possa ultrapassar os limites previstos em lei ao realizar cobranças. O Judiciário é o órgão por meio do qual se resolvem os conflitos dessa natureza. A prática de cobrar o consumidor pela sua dívida, constrangendo-o, diminuindo-o, é abusiva e, portanto, inadmissível.

Cláudia Feres
Professora Universitária
Chefe de Departamento do Contencioso da Fundação Procon Uberaba




San Marco
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
RIVER AUTOPEAS
SINTONIZE

ENQUETE
Apesar de a PMU descartar surto de meningite na cidade, h aumento significativo no nmero de casos. A vacinao a forma mais eficaz de preveno. Voc est com a imunizao em dia?







JM FORUM
Aps pedidos de moradores e vereadores, o albergue municipal vai se mudar do Boa Vista para a av. Orlando R. Cunha. Na sua opinio, a mudana positiva?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018